Se você ainda utiliza o Office 2013, saiba que ele tem menos de um ano de suporte garantido pela Microsoft. Após o ano que vem, o programa deixará de ser atualizado e isso significa o fim de toda e qualquer nova ferramenta, além de não receber mais correções de segurança para problemas encontrados – independente do risco oferecido por eles.

Se tem uma regra bastante preciosa no mundo da internet é que nenhum produto vai durar muito tempo. O exemplo mais recente deste cenário complicado para o usuário é o Office 2013, uma das opções para quem não quer pagar mensalidade para utilizar o pacote de produtividade da Microsoft para PCs e Macs.

Leia também

A Microsoft utilizou a semana passada para lembrar os usuários que o Office 2013 chegará ao fim de seu suporte já em meados do ano que vem, sugerindo assim a migração do usuário para alguma versão posterior, como o 2016, 2019 e 2021.

publicidade

Office 2013 não receberá sequer chamados de suporte

“Após cinco anos de suporte básico e cinco anos de suporte estendido, o Office 2013 chegará ao fim do suporte estendido em 11 de abril de 2013. De acordo com a Política de Ciclo de Vida Fixa, após essa data, as atualizações de segurança do Office 2013 não estarão mais disponíveis,” diz o aviso da Microsoft.

Traduzindo para termos mais diretos: após o dia 11 de abril, o Office 2013 não receberá mais nenhuma correção para qualquer problema que possa aparecer, independente de seu risco. A Microsoft também não atenderá chamados de usuários ou organizações para este software, deixando seu funcionamento por conta e risco de quem ainda não migrou para alguma versão mais recente.

Neste momento até mesmo a migração de usuários do Office 2013 para o Microsoft 365 é complicada, pois o suporte para este tipo de movimento já não existe desde outubro de 2020. Existem ainda pacotes de produtividade gratuitos e alguns funcionam até na web, como é o caso do Google Docs.

Via: BleepingComputer.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!