A Índia irá adiar até 2023 a tentativa de pousar uma espaçonave na Lua, segundo afirmou o presidente da Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), S. Somanath. De acordo com o Space, o chefe da agência explicou que o módulo lunar Chandrayaan 3 está em fase de montagem e que equipes ainda estão testando sistemas vitais, o que exigirá mais tempo para o lançamento – antes agendado para agosto deste ano.

Índia irá adiar tentativa de pouso na Lua, afirma chefe da agência espacial do país. Imagem: Serrgey75 – Shutterstock

“Atualmente, estamos testando o sistema de propulsão porque, você sabe, a última vez tivemos um problema com isso”, disse Somnath, lembrando da sonda Vikram, que sofreu um pouso forçado após uma perda de controle sobre o empuxo da espaçonave.

publicidade

Leia mais!

“Há uma mudança no sistema de propulsão. … Está sendo testado no centro de propulsão líquida em Mahendragiri. As equipes estão testando a integração dos sistemas de propulsão, computador e sensores.” 

Somnath acrescentou que os resultados dos testes são bons, mas que a equipe está indo com cuidado já que a tentativa precisa ser “livre de erros com o melhor de nossas habilidades”. Ainda de acordo com o tabloide, a missão Chandrayaan 3 inclui um novo módulo de pouso e um rover, mas não um orbitador. O Chandrayaan 3 é semelhante ao Chandrayaan 2, no entanto, para a terceira missão espera-se que ele atinja uma área de pouso quase polar e opere por um único dia lunar (14 dias terrestres) na superfície. 

Além dessa missão, o voo espacial humano Gaganyaan da ISRO também está avançando, conforme informou o ministro do Espaço Jitendra Singh. Gaganyaan foi anunciado em agosto de 2018 com o objetivo de lançar a primeira missão tripulada da Índia antes do 75º aniversário da independência do país, comemorada em 15 de agosto de 2022. Em 2021, a ISRO afirmou que a pandemia da Covid-19 atrasou o primeiro voo, assim, os voos de testes ficaram para 2023 e o primeiro voo tripulado oficial apenas para 2024.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!