Medicina e Saúde

Anvisa libera mais três produtos à base de cannabis para uso medicinal

12/05/22 18h56, atualizada em 20/05/22 01h35

Crédito: Africa Studio/Shutterstock

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta semana mais três medicamentos à base de cannabis para uso medicinal. Os medicamentos em questão são três formulações diferentes do Extrato de Cannabis Sativa, com 160,32 mg/mL, produzidos pela Greencare e pela Mantecorp Farmasa, e com 79,14 mg/mL, este produzido apenas pela Mantecorp Farmasa.

Dois desses produtos à base de cannabis para uso medicinal são os primeiros aprovados pela Anvisa com teor de tetrahidrocanabinol (THC) acima de 0,2%. Os medicamentos possuem 96 mg/mL de canabidiol (CBD) e 0,24% de THC.

Medicamento exclusivo para cuidados paliativos

Para aprovar os medicamentos, a Anvisa tomou como base a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 327/2019, que estabelece que produtos à base de cannabis, mesmo que para uso medicinal, podem conter teor de THC maior do que 0,2%.

No entanto, esses medicamentos precisam ser destinados a cuidados paliativos e para pacientes que não tenham outras alternativas terapêuticas. O uso dos medicamentos recém-aprovados também serão permitidos para pacientes em situações clínicas irreversíveis ou terminais.

Leia mais:

Para ter acesso aos medicamentos à base de cannabis para uso medicinal com concentração de THC acima de 0,2%, os clientes precisam procurar uma farmácia de manipulação com a prescrição médica em mãos. Além dela, será necessária uma receita especial do tipo A.

Terceiro medicamento é mais ‘convencional’

Todos os medicamentos são administrados em gotas via oral. Imagem: Miss Nuchwara Tongrit – Shutterstock

O terceiro medicamento aprovado pela Anvisa é, digamos, mais “convencional”, com 47,5mg/mL de CBD e menos do que 0,2% de THC. Por conta disso, esse medicamento poderá ser comercializado mediante prescrição médica e receita especial do tipo B, que é menos restritiva.

Em comum, os três novos medicamentos à base de cannabis para uso medicinal têm o local de fabricação, a Colômbia, e a forma de administração, uma solução em gotas para uso oral. Atualmente, são aprovados pela Anvisa 18 medicamentos à base de cannabis, sendo oito à base de extratos de Cannabis sativa e dez do fitofármaco canabidiol.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Tags