A Qualcomm anunciou, nesta sexta-feira (20), o lançamento da primeira atualização para seu chip mais potente do mercado, agora chamado de Snapdragon 8+ Gen 1. O processador promete ser 10% mais veloz e ter eficiência energética 30% superior. Ele vem acompanhado do Snapdragon 7 Gen 1, este feito com ajuda da Samsung.

Seguindo a tendência das três últimas gerações de processadores topo de linha para smartphones e tablets Android, a Qualcomm esperou ter quase seis meses de seu chip mais poderoso para anunciar uma atualização deste componente. Ele é o Snapdragon 8+ Gen 1 e segue exatamente o esperado para este tipo de lançamento: poucas, mas boas mudanças.

publicidade

Leia também

A primeira delas está em um incremento de 10% no desempenho do processador e também aumento de 10% na velocidade do clock da GPU. O Snapdragon 8 Gen 1 já era muito potente e isso não muda muito por aqui, mas uma alteração que certamente vai afetar a vida do usuário está na eficiência energética, agora 30% maior no novo chip anunciado pela Qualcomm.

Snapdragon 8+ Gen 1 dá uma hora extra de jogo

Snapdragon 8+ Gen 1 (Imagem: divulgação/Qualcomm)
Snapdragon 8+ Gen 1 (Imagem: divulgação/Qualcomm)

Em números mais diretos, a Qualcomm garante que em seus testes o chip permitiu quase uma hora extra de jogo, ou adicionar 80 minutos na autonomia do aparelho enquanto ele reproduz vídeos. A melhoria no consumo de energia também está presente na parte do Snapdragon 8+ Gen 1 focada em inteligência artificial, operando agora um incremento em desempenho por watt na casa de 20%.

O novo modem X65 também gasta menos energia no 5G, Wi-Fi e Bluetooth. A promessa da Qualcomm é de até 5,5 horas extras de conversa (!). Na câmera, o Snapdragon 8+ Gen 1 consegue mapear o corpo do usuário para produzir fundo desfocado, tudo ao mesmo tempo.

Snapdragon 7 Gen 1 melhora os intermediários

Além do chip para aparelhos topo de linha, os intermediários não foram esquecidos. Eles recebem o primeiro chip com a nova nomenclatura criada pela Qualcomm e ele é o Snapdragon 7 Gen 1.

Comparado ao Snapdragon 778G, a renderização gráfica ficou 20% mais veloz e o trabalho de inteligência artificial agora está 30% mais eficiente. O Snapdragon 7 Gen 1 tem suporte para telas Full HD+ em até 144Hz ou QHD+ em 60Hz. O novo chip permite captura de imagens com três câmeras ao mesmo tempo, gerando fotos de até 200 megapixels. Para vídeos, a resolução máxima é 4K e com HDR – sem Dolby Vision, exclusivo do Snapdragon 8+ Gen 1.

Snapdragon 8+ Gen 1 e Snapdragon 7 Gen 1 (Imagem: divulgação/Qualcomm)
Snapdragon 8+ Gen 1 e Snapdragon 7 Gen 1 (Imagem: divulgação/Qualcomm)

Ainda em câmeras, o foco automático pode ser mais veloz e assertivo, graças ao trabalho da engine de inteligência artificial de sétima geração da Qualcomm. Ela mapeia 300 pontos da face do usuário, junto de deep learning, para identificar corretamente até mesmo quando a pessoa estiver de máscara na cena.

Em conexão, o 5G do modem Snapdragon X62 permite downloads em até 4,4 Gbps e garante acesso ao Bluetooth 5.3, permitindo transmissão de áudio para múltiplos dispositivos ao mesmo tempo.

O Snapdragon 8+ Gen 1 já deve aparecer nos primeiros smartphones lançados a partir do terceiro trimestre deste ano. Até este momento, as marcas Asus, Black Shark, Honor, iQOO, Lenovo, Motorola, Nubia, OnePlus, Oppo, OSOM, Realme, RedMagic, Redmi, Vivo, Xiaomi, e ZTE confirmaram que lançarão seus celulares ou tablets com o novo chip.

Já o Snapdragon 7 Gen 1 chega antes aos dispositivos, mas apenas as fabricantes Honor, Oppo e Xiaomi confirmaram seus nomes. Certamente outras entrarão e os primeiros modelos com este chip já chegam ao mercado antes mesmo de julho.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!