A Meta, empresa dona do Facebook, WhatsApp e Instagram, anunciou recentemente uma simplificação das políticas de privacidade de suas plataformas. O intuito da companhia de Mark Zuckerberg é facilitar a compreensão dos termos pelos usuários.

Uma das principais mudanças é a forma como as políticas de privacidade serão apresentadas aos usuários. Quando os novos termos entrarem em vigor será possível encontrar subtítulos e imagens, vídeos e até mesmo frases mais curtas.  

Leia também!

Além disso, a Meta também visa trazer mais transparência para os usuários, deixando claro quais informações são coletadas e compartilhadas com os parceiros. Porém, não é possível dizer que a empresa mudará a forma como coleta os dados dos usuários, tampouco se deixará de coletar qualquer tipo de dado. 

publicidade

“As atualizações que estamos anunciando hoje são inspiradas pelo feedback de especialistas em privacidade, legisladores e usuários dos nossos serviços. Nosso objetivo é atualizar nossa Política de Privacidade com mais frequência à medida que continuamos aprendendo quais áreas podemos melhorar”, disse a Meta. 

Os usuários devem receber uma notificação quando a nova política de privacidade da Meta entrar em vigor. Espera-se que este processo tenha início no dia 26 de julho.  

Logotipo da Meta exibido em um smartphone e, ao fundo, o logotipo do Facebook
Imagem: rafapress/Shutterstock

Porém, é importante ressaltar que a mudança não acontecerá em todas as plataformas de propriedade da Meta. Por ora, a empresa disse que as mudanças nas políticas de privacidade deverão acontecer apenas no Instagram, Facebook e Messenger, enquanto WhatsApp, Workplace e Messenger Kids continuarão com suas próprias políticas.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!