O Chrome OS pode estar em vias de deixar você dividir a tela em “terços” – ou seja, um esquema de visualização de apps abertos que divida o display em medidas diferentes do clássico “meio a meio”.

O sistema operacional ultra leve já permite a exibição de dois apps abertos simultaneamente em display dividido em 50%, mas de acordo com o repositório do Chromium, a função se chamará “Partial Split” (algo como “divisão parcial”), mas pela descrição, não funcionará como você está pensando.

publicidade

Leia também

Pela nova função vista no repositório, máquinas equipadas com sistema operacional Chrome OS poderão ganhar divisão de tela em "terços", mas ainda há limitação máxima de dois apps abertos simultaneamente
Pela nova função vista no repositório, máquinas equipadas com sistema operacional Chrome OS poderão ganhar divisão de tela em “terços”, mas ainda há limitação máxima de dois apps abertos simultaneamente (Imagem: Chromium Repository/Reprodução)

Inicialmente, a novidade fez com que alguns usuários pensassem se tratar de dividir a tela em três partes, a exibirem três apps diferentes. Não é bem por aí: uma atualização posterior desfez o mal entendido, explicando que o novo recurso “habilita a opção de quebrar duas telas em dois terços ou um terço para visão dividida”.

publicidade

Em outras palavras: você ainda estará limitado à visualização de dois apps, mas o partial split deve priorizar um app sobre o outro.

Pode parecer estranho, mas há uma boa quantidade de situações onde isso seria útil: a visualização do feed no Twitter, por exemplo, pode ficar relegada a uma coluna de um terço do display, enquanto as outras duas partes são ocupadas por algum app de imagem ou navegação.

publicidade

Evidentemente, não é a mesma praticidade que “dividir 3 ou mais apps por igual” (o que é possível no Windows 11, por exemplo), mas ainda assim, é algo que pode servir para quem costuma trabalhar na execução de várias funções ao mesmo tempo.

A nova função ainda não está ativa em nenhum canal do Google, então é provável que a sua liberação seja feita de forma gradual.

publicidade

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!