O Google liberou uma atualização para o Chrome OS com algumas novidades, mesmo para aparelhos mais antigos. A lista de recursos extras inclui um aplicativo nativo para os Chromebooks compatíveis com canetas digitais, além de um aviso para que o usuário saiba que o cabo USB-C não deve funcionar como esperado.

Começando pela primeira e maior novidade, sendo até a que envolve um número consideravelmente maior de computadores com Chrome OS compatíveis, finalmente o Google criou um aplicativo nativo do sistema operacional para o usuário utilizar uma canetinha digital, como a S Pen dos modelos vendidos pela Samsung.

publicidade

Leia também

Este programa é, na verdade, uma página da web criada exclusivamente para o uso de canetas stylus e já estava disponível para uma lista pequena de Chromebooks. Agora todos os modelos de Chrome OS com qualquer caneta digital pode tirar proveito desta solução que consegue ser instalada pelo navegador Chrome, mas chegará pré-instalada em alguns dispositivos.

App para anotações do Chrome OS (Imagem: divulgação/Google)
App para anotações do Chrome OS (Imagem: divulgação/Google)

Anotações no Chrome OS podem virar PDF

Nele o usuário consegue usar livremente a caneta na tela, incluindo anotações, desenhos ou mesmo a adição de alguma imagem. A ideia é transformar o Chrome OS em uma espécie de livro de anotações mais completo. Quando finalizada, a anotação pode ser salva no Chromebook ou então compartilhada, transformando a criação em um arquivo PDF.

Para acessar o app agora mesmo, basta entrar em cursive.apps.chrome a partir do navegador e clicar em “Instalar” no topo da página.

Outra novidade está no alerta para o uso correto de cabos USB-C. A unificação de diversas funções para um mesmo conector pode ser confusa para a maior parte dos usuários, pois numa mesma porta você consegue carregar a bateria, transferir dados e até mesmo enviar imagem para um monitor externo.

Estas possibilidades dependem do cabo correto e o Chrome OS agora emite um alerta quando um modelo incompatível é conectado. O recurso aparece no canto das notificações, dizendo algo como “Seu cabo USB-C pode não conectar monitores da forma correta”. O mesmo vale para velocidade elevada em transmissão de dados, especialmente em portas USB4 e Thunderbolt, presentes nos Chromebooks mais caros – e potentes.

Via: Google.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!