Os repórteres Becca Szkutak e Devin Coldewey falaram no Podcast TechCrunch essa semana sobre as mudanças que estão por vir no Instagram.

Eles comentaram o que consideram estranhas movimentações entre TikTok e Instagram, já que agora o TikTok está fazendo divulgação da concorrente.

publicidade

Leia mais:

TikTok desenvolve serviço de música, diz boato

O TikTok já ajudou milhares de usuários a descobrir músicos da nova geração e gerações anteriores, mas parece que agora a plataforma quer fazer mais do que isso. De acordo com o site Insider, a dona do aplicativo, ByteDance, fez um pedido no US Patent and Trademark Office (Escritório de Patentes e Marcas registradas dos EUA) para que tivessem a marca “TikTok Music” registrada oficialmente.

Este novo serviço oferecerá aos usuários compras e compartilhamentos de músicas. Além disso, é claro, o usuário será capaz de ouvir músicas no app, baixá-las, ter acesso a álbuns, letras das músicas, áudio, vídeo, até mesmo editar e carregar fotos específicas para ficar como capa das listas de reprodução. Fora tudo isso, ainda será possível comentar as músicas e álbuns.

A ByteDance já é dona também de um aplicativo de música, o Resso, que inclusive já tem algumas das características listadas pela empresa para o novo app, mas ele só está em uso em três países: no Brasil, na Índia e na Indonésia. O próprio TikTok já redireciona os usuários do Brasil para o Resso para ouvir as músicas completas dos vídeos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!