A Amazon fechou acordo com a empresa produtora de aspiradores robô iRobot. Os equipamentos da marca farão parte da linha de robôs domésticos da gigante da tecnologia. Para a aquisição da fabricante do Roomba, a empresa de Jeff Bezos teve que desembolsar US$ 1,7 bilhão.

“Ao longo de muitos anos, a equipe da iRobot provou sua capacidade de reinventar a forma como as pessoas limpam com produtos incrivelmente práticos e inventivos – desde a limpeza quando e onde os clientes desejam, evitando obstáculos comuns em casa, até o esvaziamento automático da lixeira”, disse Dave Limp, chefe de dispositivos de hardware da Amazon em comunicado da empresa.

publicidade

Leia mais:

Limp completou dizendo que “os clientes adoram os produtos iRobot” e que está “entusiasmado por trabalhar com a equipe iRobot para inventar formas que tornem a vida dos clientes mais fácil e agradável”.

Em setembro do ano passado, a Amazon lançou o Astro, um robô doméstico com Alexa e “personalidade própria”. Suas funções básicas são ficar de olho na sua casa e também ajudar na comunicação com sua família.

O aspirador automatizado Roomba teve seu primeiro modelo lançado em 2002. Em 2015, a iRobot lançou uma remodelação com atualizações de sistema e câmera que permitem que o aspirador mapeie as áreas da casa. Em 2020, uma nova atualização permitiu que a inteligência artificial do produto melhorasse o mapeamento dos ambientes e especificar “zonas limpas” e “zonas de afastamento”. Estas áreas, consideradas inseguras, podem incluir suportes para TVs cheios de cabos, áreas externas como jardins e até mesmo o cocô de pets. 

Além do aspirador robô, a iRobot também já teve outros outros equipamentos doméstico inteligentes que foram descontinuados, como o Scooba, usado na lavagem de chão; o Dirt Dog usado para recolher porcas, parafusos e objetos pequenos de fábricas; o Looj robô de limpeza usado para a limpeza de calhas; entre outros.

Atualmente a iRobot tem boa parte dos robôs aspiradores e higienizadores de chão sendo vendidos no Brasil.

Imagem: Kojin/Shutterstock

Via: Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!