Evidências coletadas pelos pesquisadores da empresa Planet, sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, apontam que o lançamento de míssil balístico da Coreia do Norte foi um fracasso. O país anunciou que o ICBM (sigla para Bíssil Balístico Intercontinental), modelo Hwasong-17 de longo alcance, teve um teste bem-sucedido no dia 14 de março. Entretanto, o resultado pode ter sido diferente do oficial.

Quando comparadas às fotografias feitas via satélite do local de decolagem e as imagens veiculadas na propaganda do governo norte-coreano e na transmissão do lançamento do foguete, há inconsistências sérias entre o que foi declarado pela Coreia do Norte e os registros dos satélites.

Leia mais:

Em entrevista para um podcast, o especialista em controle de armas, Jeffrey Lewis, do Instituto Middlebury, na Califórnia, declarou que o míssil lançado em março não foi o Hwasong-17, e sim outro modelo. No vídeo de lançamento divulgado pela Coreia do Norte, nota-se que o ICBM nas imagens não acelera tão rápido quanto o poderoso Hwasong-17. Confira abaixo a thread feita pelo especialista:

publicidade
Reprodução: Twitter

Outro fato intrigante está na data em que as imagens da Planet foram captadas: dia 16 de março, ou seja, oito dias antes do suposto sucesso do foguete norte-coreano. Além disso, a Coreia do Norte havia informado que o lançamento aconteceria no período da tarde, mas aconteceu, de fato, no período da manhã.

Essas várias evidências sugerem que o ICBM da propaganda provavelmente falhou em seu primeiro voo e que o vídeo transmitido conta com imagens diferentes para encobrir esse fato.

Lewis acredita que realmente o voo foi um insucesso e, por isso, para não ficar desmoralizado, o ditador norte-coreano, Kim Jong-un, decidiu lançar no dia previsto um foguete que ele tinha certeza que iria decolar. “Eles voltaram [ao local] alguns dias depois e lançaram um míssil diferente, que eles tinham certeza que funcionaria”, declarou o especialista.

Via: Space. com

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!