A Apple pode estar tomando novas medidas para expandir anúncios no Iphone e Ipad para impulsionar ainda mais seu setor de publicidade.

Atualmente a Apple já conta com anúncios em seus próprios aplicativos como App Store, News e Stocks. Porém, de acordo com Mark Gurman, da Bloomberg, a empresa teria ambições de ampliar os anúncios para outros aplicativos como o Maps, Apple Books e Apple Podcasts.

publicidade

Leia mais:

As evidências são para essa mudança de estratégia por causa da promoção da equipe de publicidade da Apple que ganhou uma posição no departamento de serviços da empresa. 

publicidade

Durante a divulgação de negócios da empresa, o vice-presidente do setor de Anúncios em Plataformas da Apple, Todd Teresi, disse que a receita por anúncios estava em aproximadamente US$4 bilhões, o que ele desejaria aumentar significativamente.

Com essa ambição de aumentar ainda mais sua receita por anúncios, a empresa deve reforçar publicidades no seu serviço de streaming, Apple TV+, o que poderia levar o serviço a contar com diferentes planos mais baratos – estratégia que tem sido aplicada, ou estudada, por diversas concorrentes como HBO Max, Netflix, Discovery e Disney+.

publicidade

Essas possíveis mudanças relacionadas ao aumento de anúncios podem significar mudanças negativas ao usuário que escolhe a marca justamente pelo design simples e limpo dos softwares da empresa. 

Anúncios de busca da Apple na App Store. Crédito: Mark Gurman/ Bloomberg

Apple Tracking 

Com o Apple Tracking Transparency, a marca permitiu que os usuários decidam se os aplicativos podem ou não rastreá-los ao usar apps e sites. O recurso prejudicou, por exemplo, profissionais de marketing que precisam coletar dados para exibir anúncios de acordo com o perfil do consumidor.

publicidade

Bigtechs como Meta e Snapchat reclamaram do recurso pois além de desmonetizar publicidades ele impede que os apps façam a segmentação e métrica de seus anúncios no iOS. Com a estratégia, a Apple passou a cobrar dos desenvolvedores de aplicativos para que os mesmos sejam promovidos na App Store.

Lior Eldan, diretor de operações da Moburst, agência de marketing digital, disse à Reuters que a medida da Apple fez com que clientes passassem a gastar de 3 a 4 vezes mais com anúncios nos aparelhos da companhia. E ainda que relatou que a eficácia de anúncios em outras plataformas foi extremamente afetada pela proprietária dos iPhones.

“Vimos aumentos dramáticos nos orçamentos dos anúncios de busca da Apple após as mudanças de privacidade”, disse Eldan.

Com informações de Bloomberg e Reuters

Imagem: Daniel Constante/Shutterstock.com

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!