A entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Jornal Nacional, da TV Globo, nesta quinta-feira (25), fez mais de 15 milhões de pessoas realizarem postagens nas redes sociais, superando o número de interações sobre a entrevista do presidente Jair Bolsonaro (PL), que foi veiculada na última segunda-feira (22). 

Os dados são da Quaest Consultoria, e relatam que Bolsonaro teve 9 milhões de interações, e Ciro Gomes (PDT), entrevistado na terça-feira (23), teve cerca de 2 milhões de interações nas plataformas.

Além disso, o diretor da Quaest, Felipe Nunes, relatou que das interações dos presidenciáveis, Lula registrou 48% de menções positivas, ficando atrás de Ciro que teve 54% e na frente de Bolsonaro, que registrou apenas 35% de menções positivas. 

Os termos mais citados pelas pessoas que comentaram a entrevista de Lula foram ‘bobo da corte’, ‘orçamento secreto’ e ‘combate à corrupção’.

publicidade

Segundo a pesquisa, no decorrer da sabatina, entre os melhores momentos de Lula estão sua defesa de medidas anticorrupção, defesa da aliança com Geraldo Alckmin (PSB) e argumentação sobre política não ser um lugar para ódio. 

Leia também! 

Enquanto entre seus piores momentos estão seu segredo sobre a lista tríplice, defesa de conversa com deputados sobre orçamento secreto e seu ataque a Bolsonaro, o chamando de “Bobo da Corte”.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!