Em 22 de setembro de 1945 foi criado o primeiro curso de Ciências Contábeis no Brasil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Esse fato fez o dia 22 de setembro ser comemorado o Dia do Contador no país.

Passados 77 anos desde a criação do curso, o contador é uma profissão essencial para resolução e esclarecimento de aspectos financeiros, econômicos e jurídicos. Ao longo das décadas profissionais de contabilidade aliados a tecnologias têm aprimorado e modernizado seus serviços.

publicidade

“Embora o surgimento de fintechs e aplicativos de gestão, além de outros avanços tecnológicos, tenham pressionado o setor a se modernizar e otimizar o tempo de serviço, ainda é possível adotar novas ferramentas e soluções e revolucionar a atividade”, diz Guilherme Baumworcel,  contador e CEO da fintech Rupee, plataforma de tecnologia Kanban e inteligência artificial aplicada à contabilidade, gestão tributária e folha de pagamento

Baumworcel, afirma que o uso da tecnologia nas ciências contábeis não beneficia apenas o profissional, mas também traz melhorias aos contratantes. Para exemplificar a importância da tecnologia no dia a dia do contador, Baumworcel, elencou três tecnologias que ajudam a rotina dos profissionais de contabilidade.

publicidade

Leia mais:

contador tédio
(Imagem: pattarawat/Shutterstock)

Inteligência Artificial

“Uma das vantagens da Inteligência Artificial (IA) bem aplicada em um escritório é permitir que a equipe de colaboradores se dedique a tarefas mais complexas ou estratégicas e à solução de possíveis problemas, enquanto a tecnologia faz o trabalho mais simples, de forma automatizada”, explica o CEO.

publicidade

A IA pode ser utilizada como estratégia de marketing para captar novos clientes, afinal essa tecnologia é capaz de rastrear a busca do consumidor e apresentar opções e produtos semelhantes, além de melhorar a experiência do usuário ao mensurar estratégias de relacionamento entre o escritório de contabilidade e o cliente.

Outro recurso da IA são as plataformas de gestão inteligente que permitem acompanhar o desempenho de funcionários de forma detalhada. Isso permite que o gestor analise a performance, identificação de dificuldades e formas de otimização.

publicidade

Business Intelligence

O Business Intelligence (Inteligência de Negócios) são combinações de análises que mineram dados coletados por meio de um software inteligente a fim de auxiliar na tomada de decisão e acompanhar resultados.

“É uma ferramenta de suporte à gestão do negócio. Você consegue coletar dados de e-mails, arquivos salvos na nuvem, planilhas, ferramentas analíticas e até nas redes sociais. Essas informações são filtradas e analisadas pelo software de Business Intelligence e ele gera um relatório, permitindo mais agilidade e segurança nas tomadas de decisões e também mostrando os resultados que podem impactar diretamente o crescimento e os investimentos da empresa”, explica Baumworcel.

ERP

Enterprise Resources Planning (Sistema integrado de gestão empresarial) são sistemas de integração empresarial que auxiliam na administração das atividades e garantem a automação de processos e a otimização do tempo.

“É comum encontrar quem diga que ERP são para grandes negócios ou empresas, mas não é verdade. Essa tecnologia pode beneficiar pequenas, médias e grandes empresas, integrando e organizando em um único sistema todos os dados e processos das empresas combinado com o escritório contábil. No caso do contador, dizer ao cliente que possui um sistema de ERP pode ser uma forma de garantir que o escritório está por dentro das tecnologias e possui fácil acesso às informações que podem auxiliá-lo em suas demandas contábeis”, finaliza Baumworcel.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!