Um erro no aplicativo oficial da FIFA fez com que milhares de torcedores ficassem sem acesso ao ingresso digital da Copa do Mundo para ver Inglaterra e Irã. Com isso, filas imensas começaram a se formar na porta do Estádio Internacional Khalifa. 

No início da manhã desta segunda-feira (21), torcedores começaram a relatar que os ingressos para a partida entre as seleções não estavam mais disponíveis no aplicativo.

Leia mais:

Relatos revelam que alguns usuários que se desconectaram do aplicativo nas últimas 24 horas não conseguiram fazer login novamente. Outros usuários disseram que receberam uma mensagem informando que “”não há ticket associado ao seu endereço de e-mail” após o login.

publicidade

Com esses problemas no app, os torcedores começaram a se preocupar com sua entrada no jogo e foram à porta do estádio para conseguirem imprimir seus ingressos. Imagens mostram centenas de torcedores que chegaram a esperar até quatro horas na fila para conseguirem o ingresso impresso.

A reportagem do Globo Esporte relatou o incidente de erro no aplicativo que o torcedor brasileiro, Vitor Cortez, que está no Catar. Nesta segunda, Cortez relatou que todos seus 18 ingressos desapareceram do aplicativo.

Cortez estava no meio da multidão de torcedores que estavam procurando resolver os problemas com o ingresso. O brasileiro só conseguiu entrar no estádio depois que a partida entre Inglaterra e Irã já havia se iniciado.

Em comunicado, a FIFA informou:

“Alguns espectadores estão tendo problemas para acessar seus ingressos por meio do aplicativo de ingressos da FIFA. A FIFA está trabalhando para resolver o problema. Enquanto isso, os torcedores que não conseguem acessar seus ingressos móveis devem verificar o e-mail contas que usaram para se registrar no aplicativo de emissão de bilhetes para obter mais instruções”.

“Caso os torcedores não consigam acessar suas contas de e-mail, o Ponto de Resolução de Ingressos do estádio poderá ajudar. Agradecemos aos torcedores pela compreensão enquanto trabalhamos para resolver o problema o mais rápido possível”.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!