Bem antes de a Netflix reacender a popularidade de “A Família Addams” com o recém-lançado “Wandinha“, os divertidos (e mórbidos) personagens vêm fazendo sucesso no audiovisual. Tendo sua origem nos quadrinhos, na década de 1930, a família foi levada para a TV pela primeira vez em 1964, em uma série que virou clássica. Mas, para muita gente, uma das adaptações favoritas está nos filmes dos anos 1990, que apresentam os Addams para novas gerações. A seguir, relembre as produções e saiba mais sobre o elenco.

Leia também:

Uma (a)típica família norte-americana

Personagens foram criados para cartuns publicados na revista New Yorker. Imagem: Charles Addams/Reprodução

Quando chegou aos cinema em 1991, a Família Addams já acumulava uma trajetória de sucesso. Os cartuns de Charles Addams (1912-1988), publicados a partir de 1938 na revista New Yorker, tinham sido transpostos para a TV em duas séries e a chegada aos cinemas ampliou a popularidade dos personagens.

Recentemente, os quadrinhos originais de Charles Addams, boa parte deles inéditos no Brasil, foram reunidos no livro A Família Addams: Álbum de Família (Darkside Books, 256 páginas, R$ 99). Assim como nas HQ, o filme “A família Addams” era uma sátira da idealizada família tradicional norte-americana, mas com certas particularidades, digamos. Apesar de aristocráticos, eles não se encaixam nos padrões e têm comportamentos um tanto mórbidos.

publicidade

O diretor do filme e de sua continuação, “A Família Addams 2” (1993) é Barry Sonnenfeld, que ficaria conhecido por comandar, anos depois, a franquia “Homens de Preto”.

No primeiro longa, conhecemos a aparentemente disfuncional, mas extremamente amorosa, Família Addams, encabeçada pelo patriarca Gomez e por sua esposa Mortícia, além dos dois filhos: Wandinha e Feioso. A trama acompanha o retorno de Tio Chico à família, décadas após um desentendimento com seu irmão Gomez. O que os Addams não sabem, porém, é que o suposto Tio Chico, na verdade, é um falsário que está tramando roubar as riquezas da família.

A primeira adaptação cinematográfica teve uma continuação lançada dois anos depois, com o mesmo elenco, cujos principais nomes você confere a seguir.

Raúl Júlia (Gomez Addams)

Participação em A Família Adams fez parte da fase final da carreira de Raúl Júlia. Imagem: Universal Pictures/Divulgação

O ator porto-riquenho teve em Gomez Addams o que foi, provavelmente, seu papel mais famoso. Após participar de “A Família Addams”, interpretou o seringueiro brasileiro Chico Mendes no filme “Amazônia em chamas” (1994). Durante as gravações, sofreu uma grave intoxicação alimentar que exigiu uma cirurgia no estômago, da qual nunca se recuperou. Teve como seu derradeiro grande trabalho interpretar Mr. Bison na infame adaptação cinematográfica de “Street Fighter” (1994), em que aparenta certo abatimento em decorrência de complicações de saúde. Morreu em 1994, aos 54 anos.

Anjelica Huston (Mortícia Addams)

wandinha
Atriz era fã da personagem desde a infância. Imagem: Universal Pictures/Divulgação

Em um dos papéis mais célebres de sua carreira, Anjelica Huston deu vida à Mortícia sendo ela mesma uma fã de personagem. A atriz chegou a revelar que, na infância, fingia ser a encantadora e sombria figura, que era quem, no fim das contas, mandava na família. Huston segue atuando, inclusive como dubladora, tendo participado de produções como “BoJack Horseman” e “American Dad!”. Um de seus trabalhos mais recentes à frente das câmeras foi em “John Wick 3: Parabellum”.

Christopher Lloyd (Tio Chico)

Christopher Lloyd como Tio Chico, acompanhado de Mãozinha. Imagem: Universal Pictures/Divulgação

O eterno Doc Brown de “De volta para o futuro” entregou também uma das melhores interpretações do Tio Chico. Apesar das características olheiras e da careca do personagem, é inevitável reconhecer o expressivo ator, que nos dias de hoje segue na ativa, participando sobretudo de produções televisivas. Uma de suas últimas passagens pelo cinema foi em “Anônimo” (2021), um divertido thriller de ação em que divide a tela com outro ator também famoso pelas comédias: Bob Odenkirk.

Christina Ricci (Wandinha)

wandinha
Christina Ricci em Família Addams (1991). Imagem: Universal Pictures/Reprodução

Podemos dizer que Christina Ricci andou para que Jenna Ortega pudesse correr hoje em “Wandinha”. Com 11 anos à época das gravações, Ricci era uma Wandinha mais jovem do que a sua atual versão televisiva, mas igualmente sombria e estranhamente cativante. Além de interpretar Marilyn Thornhil na série da Netflix, a atriz esteve recentemente em “Matrix Resurrections” (2021).

Jimmy Workman (Feioso)

Feioso Addams acabou sendo o papel de maior destaque na carreira do ator. Imagem: Universal Pictures/Divulgação

Exemplo de ator mirim que acabou quase que exclusivamente associado a um papel, Jimmy Workman acabou não tendo uma carreira de destaque para além do Feioso, irmão de Wandinha e parceiro de travessuras. No entanto, ele segue no audiovisual, como técnico de produção para a televisão.

Carel Struycken (Tropeço)

Nascido nos Países Baixos, ator tem acromegalia, razão de sua elevada estatura. Imagem: Universal Pictures/Reprodução

Antes de ser o marcante mordomo Tropeço, Carel Struycken já era famoso por interpretar outro tipo peculiar. Afinal, o ator de 2,13 m fez fama na TV ao interpretar o Gigante de “Twin Peaks”. Ele participou, ainda, de “Star Trek: The Next Generation”, como Mr. Homn. Em 2017, ele atuou no revival de “Twin Peaks” e, mais recentemente, esteve nos cinemas em “Doutor Sono” (2019).

Mais Addams nos cinemas

A Família Addams 2: Pé na Estrada
Mais recente versão para os cinemas tem vozes de Oscar Isaac (Gomez), Charlize Theron (Mortícia), Chloë Grace Moretz (Wandinha) e Nick Kroll (Tio Chico), entre outros. Imagem: Metro Goldwyn Mayer Pictures/Divulgaçã.

Além dos dois célebres filmes, há uma terceira versão live action para os cinemas, bem menos conhecida: “O retorno da Família Addams” (1998). Estrelado por Daryl Hannah (Mortícia) e Tim Curry (Gomez) o reboot não emplacou. Mais interessantes são as recentes animações lançadas em 2019 e 2021 pela Universal Pictures.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!