A estreia de Avatar: O Caminho da Água está chegando e a sequência do imenso hit dos cinemas de 2009 está cercada de expectativas, já que os próximos filmes dependem do sucesso rentável da saga. A espera é tanta, aliás, que o diretor James Cameron já compartilhou algumas informações envolvendo o futuro da franquia.

Em entrevista ao site Collider, sem entrar em muitos detalhes, o cineasta comentou sobre “Avatar 4”, que está nos seus planos para a série de filmes. Segundo Cameron, um executivo da 20th Century Studios leu o roteiro escrito para o quarto longa e ficou bastante impressionado.

Leia mais:

“Não posso contar os detalhes, mas tudo que posso dizer é que, quando entreguei o roteiro de Avatar 2, o estúdio me deu três páginas de anotações. E quando entreguei o roteiro do 3, eles me deram uma página de anotações, então eu estava melhorando. Quando entreguei o roteiro de 4, o executivo do estúdio, executivo de criação dos filmes, me escreveu um e-mail que dizia: ‘P*** m**da!’, disse o diretor. “E eu disse, ‘Bem, onde estão as notas?’ E o executivo disse: ‘Essas são as notas’. Porque meio que foi enlouquecedor no bom sentido, sabe?” completou.

publicidade

Cameron já havia descrito positivamente “Avatar 4” em outras entrevistas anteriores, sempre criando um certo hype. No entanto, o filme só será produzido em caso de sucesso financeiro de “Avatar 2” e “Avatar 3”, que foram filmados consecutivamente.

Imagem: Reprodução/20th Century Studios
Imagem: Reprodução/20th Century Studios

O cineasta comentou ao Collider que “Avatar” só começou a ser modelado após a trilogia “O Senhor dos Anéis“, desenvolvida por Peter Jackson, que mapeou a narrativa dos filmes desde o início. Com isso, Jackson comunicava aos atores a longo prazo quais seriam os arcos de seus personagens.

“Então eu senti que tinha que fazer a mesma coisa. Eu tinha que interpretar isso como se os livros já existissem. Então a única maneira de fazer isso era escrever todos os roteiros e deixar os atores lerem todos os roteiros e ver onde seus personagens estavam indo e o que tudo isso significava”, afirmou Cameron. “Não que isso seja acionável no momento, mas acho que é algo que os atores podem trabalhar na preparação de seus personagens”, acrescentou.

Anteriormente, Cameron classificou “Avatar 2” como “o pior negócio da história do cinema“, ao comentar sobre a necessidade que o filme tem de ser um sucesso de bilheteria. Segundo ele, “O Caminho da Água” precisa faturar cerca de US$ 1 bilhão (em torno de R$ 5,2 bilhões) para gerar lucro e assim, continuar a saga.

Avatar: O Caminho da Água estreia em 15 de dezembro pelo Brasil e no dia seguinte nos Estados Unidos. As primeiras reações ao filme foram bastante positivas e algumas pessoas afirmam que a sequência é “de tirar o fôlego” e outras indicaram que o longa “é muito superior” ao primeiro título.

Informações via GameSpot

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!