Fabricantes de smartphones terão que adotar a entrada USB-C em todos os seus dispositivos na Índia em até março de 2025, com o país asiático seguindo os passos de decisão semelhante na União Europeia. A informação foi divulgada através do Business Standard.

A Índia uma das maiores fabricantes de smartphones no mundo inteiro, perdendo somente para a China. A decisão deve impactar diretamente os produtores de celulares que ainda não utilizam as portas USB-C – como a Apple, por exemplo.

Padrão USB-C já é usado por grande parte das fabricantes; Índia obrigará todas a adotarem até 2025. Imagem: Alexander_Evgenyevich/ Shutterstock

Essa ação compactua com a iniciativa da União Europeia que também já havia decretado a obrigatoriedade, e estipulou o prazo para até dezembro de 2024. Além das diversas marcas de já utilizavam a entrada, outras já cederam, como a gigante Apple, que deverá adotar o USB-C a partir do iPhone 15, como falamos aqui.

Leia mais:

publicidade

Índia quer padronizar também carregadores de vestíveis

Além dos smartphones, o governo indiano quer definir uma porta padrão para a recarga dos dispositivos vestíveis, como smartwaches e outros.

Segundo o secretário do departamento de assuntos do consumidor do país, Rohit Kumar Singh, o governo deve apresentar dois tipos comuns de entradas para carregamento de celulares e também dispositivos vestíveis.

Uma dos principais objetivos da padronização do carregamento é acabar com o lixo eletrônico produzido em escala mundial.

Ainda não sabemos em quanto tempo essas decisões vão refletir nos outros continentes. No Brasil, o senador Carlos Fávaro (PSD-MT) apresentou o Projeto de Lei (PL) 2.643/2022 que obriga a Anatel a homologar somente aparelhos comercializados com o cabo USB-C.

Via: The Verge

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!