Aconteceu no domingo (5) a famosa premiação conhecida como “Oscar da música”: o Grammy Awards 2023. Em sua 65ª edição, o evento selecionou mais de 90 artistas para levar o sonhado gramofone dourado para casa e entre os principais vencedores ficaram Beyoncé, Harry Styles e Viola Davis; Anitta estava no páreo representando o Brasil na categoria Revelação do Ano, mas perdeu o título para Samara Joy. 

Para você que tem pressa: 

  • Harry Styles levou o prêmio mais importante da noite, de Álbum do Ano, por Harry’s Hous. Ele disputava com grandes nomes como Adele e Beyoncé; 
  • Liderando em indicações, Beyoncé quebrou o recorde com a histórica 32ª vitória do Grammy — uma mais do que as 31 vitórias do falecido maestro Georg Solti; 
  • Viola Davis também fez história; ela recebeu o título EGOT ao ganhar seu primeiro Grammy por Melhor Audiolivro, narração e gravação de suas histórias — EGOT significa Emmy, Grammy, Oscar e Tony; 
  • Representando o Brasil, Anitta concorria ao prêmio de Revelação do Ano, mas o título ficou com Samara Joy — cantora americana de jazz. Joy também levou o gramofone de melhor álbum vocal de jazz. 

Leia mais! 

Com mais de 10 anos de carreira, Anitta concorreu ao prêmio de Artista Revelação do Ano no Grammy Awards 2023. Imagem: Delmiro Junior – Shutterstock

Entre outros vencedores estão: 

publicidade
  • Gravação do Ano 

About Damn Time – Lizzo 

  • Canção do Ano 

Just Like That – Bonnie Raitt 

  • Melhor Álbum de Rock 

Patient Number 9 – Ozzy Osbourne 

  • Melhor Álbum de Rap 

Mr. Morale & the Big Steppers – Kendrick Lamar 

  • Melhor Canção de Rock 

Broken Horses – Brandi Carlile 

  • Melhor Canção de Rap 

The Heart Part 5 – Kendrick Lamar 

  • Melhor Performance Pop Solo 

Easy On Me – Adele 

  • Melhor Performance Pop em Dupla ou grupo 

Unholy – Sam Smith & Kim Petras 

  • Melhor Videoclipe 

All Too Well: The Short Film – Taylor Swift  

  • Melhor Canção escrita para Mídia Visual 

We Don’t Talk About Bruno – de Encanto  

  • Melhor Trilha Sonora para Mídia Visual (Inclui Cinema e Televisão) 

Encanto – Germaine Franco, compositora  

  • Melhor Trilha Sonora para Videogames e Outras Mídias Interativas 

Assassin’s Creed Valhalla: Dawn Of Ragnarok – Stephanie Economou, compositora 

Beyoncé ganhou nas categorias de Melhor Gravação de dance/eletrônico, com a música Break My Soul, e Melhor Álbum de dance/música eletrônica, com Renaissance. Ela também levou a Melhor Canção de R&B com Cuff It e a Melhor Performance de R&B Tradicional com Plastic Off The Sofa

A indicação de Anitta, embora a artista não tenha levado o prêmio, significou o retorno do Brasil em uma das premiações musicais mais importantes do mundo. A última vez que o país esteve na competição foi através da indicação (e premiação) da cantora de bossa nova Astrud Gilberto, há mais de 50 anos. Astrud foi a responsável por apresentar “Garota de Ipanema” ao mundo, em sua versão em inglês.

Essa também foi a primeira vez que a trilha sonora de videogames e outras mídias fez parte da competição. A inclusão da categoria foi anunciada pela Recording Academy em junho de 2022.

Para consultar a premiação completa acesse o site oficial do Grammy Awards, disponível aqui

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!