O Twitter anunciou nesta quarta-feira (8) que vai impor um máximo de 1,5 mil tuítes por mês para as chamadas contas API – voltadas apenas para desenvolvedores.

Segundo a rede social, a medida serve para acabar com o spam na plataforma. “Uma nova forma de acesso gratuito será introduzida, pois isso é extremamente importante para o nosso ecossistema – limitado à criação de tuítes – de até 1,5 mil tuítes por mês para um único token de usuário autenticado, incluindo Login com o Twitter”, explicou em comunicado.

Leia mais:

Ampliação do período de acesso gratuito

A empresa também optou por adiar o fim do acesso gratuito a desenvolvedores que estão para perder o acesso à API, tendo estendido tal acesso até segunda-feira (13).

publicidade

A partir de terça-feira (14), aqueles que quiserem o nível básico pago pagarão US$ 100 mensais, ou R$ 520, pela cotação atual. O Twitter Dev disse que “este é um novo capítulo para a API do Twitter para aumentar a qualidade, reduzir o spam e permitir ecossistema próspero”.

Com informações de UOL

Twitter Blue é adquirido por apenas 0,2% dos usuários nos EUA

Ao que tudo indica, o novo serviço do Twitter não interessou muito aos usuários. O “Twitter Blue” teve apenas 18 mil assinaturas nos Estados Unidos, o que representa cerca de 0,2% dos internautas ativos na plataforma.  Segundo o portal Engadget,  62% dos pagantes residem nos EUA. Isso significa que o Twitter tem aproximadamente 290 mil assinantes em todo o mundo.

O Twitter Blue custa US$ 8 por mês para internautas que pagam via web, US$ 7 se pagarem por uma assinatura anual e US$ 11 para aqueles que pagam através das lojas de aplicativos da Apple ou do Google.

Leia a matéria completa aqui.

Imagem destacada: Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!