Nesta quinta-feira (16), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve anunciar detalhes sobre o reajuste das bolsas de pós-graduação no Brasil – o que não acontecia desde 2013.

De acordo com o jornal Estado de São Paulo, o valor será reajustado em 40%. A medida foi promessa de campanha de Lula.

Leia mais:

Atualmente, órgãos de pesquisa, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), pagam bolsas de R$400 para iniciação científica a alunos de graduação, R$1,5 mil para mestrado e R$2,2 mil para doutorado.

publicidade

Os valores das bolsas devem ser reajustados para:

  • Graduandos: R$1 mil.
  • Mestrandos: R$2,1 mil.
  • Doutorandos: R$3,3 mil.
  • Pós-doutorandos: R$4,2 mil.

A bolsa de iniciação científica do ensino médio, que atualmente está no valor de R$100, deve ter um aumento ainda mais significativo, podendo ultrapassar 50% no reajuste.

De acordo com o jornal Estado de São Paulo, os reajustes já devem começar em março com o pagamento referente a fevereiro e retroativo de janeiro.

Atualmente, a Capes conta com cerca de 200 mil bolsistas e o CNPQ com 77 mil.

O evento que irá anunciar o aumento das bolsas deve ocorrer às 15h.

Imagem destaque: Peshkova/ Shuttersctock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!