A Coreia do Sul planeja ser a primeira nação a disponibilizar rede 6G para uso comercial. A novidade foi anunciada por seu Ministro de Comunicações e Tecnologia e o objetivo é entregar este tipo de rede já em 2028, o que faria o planejamento anterior do país ser adiantado em dois anos.

A gente ainda tem dificuldades para encontrar pontos de 5G pelo Brasil, até mesmo em grandes capitais, mas isso não impede a própria evolução da tecnologia acontecer em outros locais. Um deles é a Coreia do Sul e por lá o 6G já tem data para ser disponibilizado para qualquer pessoa que queira pagar por ele.

Leia mais:

O plano inicial era de ter o 6G disponível para qualquer pessoa já em 2030, mas o país adiantou o objetivo para 2028. Para isso, o governo local estará diretamente envolvido no incentivo para que empresas da Coreia do Sul desenvolvam e fabricam materiais, componentes e equipamentos necessários para esta conexão acontecer.

publicidade

Coreia do Sul quer crescer com patentes do 6G

Mesmo sendo a quarta maior economia da Ásia, a Coreia do Sul já foi o primeiro país de todo planeta a disponibilizar 5G para qualquer pessoa utilizar e deve seguir nesta liderança na próxima tecnologia. Naquele momento, a Samsung estava próxima do trabalho e criou até mesmo um Galaxy S10 específico para o 5G.

Ter 6G antes de todo mundo e fortalecendo marcas locais para a produção até mesmo de equipamentos de rede para esta conexão soa como um objetivo secundário: garantir patentes para o pequeno país. Com isso, a Coreia do Sul não só aparece como expoente em tecnologia, mas faz dinheiro ao criar garantias de que sua criação precisa ser licenciada para ser utilizada por outras empresas, de outras nações.

A Samsung certamente já faz parte deste conglomerado de empresas locais para o desenvolvimento de tecnologias 6G, seja em maquinário para colocar a rede de pé, ou mesmo nos celulares compatíveis com ela.

Via: GSMArena.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!