O colapso de uma mina de carvão na região da Mongólia Interior, na China, causou a morte de pelo menos cinco pessoas nesta quarta-feira (22), com 48 ainda desaparecidas.

  • Uma mina de carvão na China colapsou, causando cinco mortes confirmadas e deixando 48 pessoas desaparecidas até o momento
  • O desastre aconteceu em uma mina a céu aberto na região da Mongólia Interior
  • Imagens de câmeras de segurança mostram o momento do desabamento
  • Mais de 300 trabalhadores de resgate trabalham na busca dos desaparecidos
  • Seis pessoas feridas foram resgatadas até a noite desta quarta-feira (22)

A mina a céu aberto operada pela pequena empresa local Xinjing Coal Mining Co desabou em um deslizamento de terra, deixando dezenas de trabalhadores soterrados sob uma enorme pilha de destroços de meio quilômetro de largura e cerca de 80m de altura, de acordo com a emissora estatal chinesa CCTV.

Leia mais:

Imagens de câmeras de segurança transmitidas pela CCTV na quinta-feira mostraram uma avalanche de pedras e solo caindo de um lado da montanha no poço da mina, enterrando várias escavadeiras e caminhões basculantes.

publicidade

A mídia estatal noticiou que cerca de 300 trabalhadores de resgate estavam no local usando maquinário pesado e cães farejadores para ajudar na busca pelos mineiros soterrados. A Comissão Nacional de Saúde disse na noite de quarta-feira (22) que seis pessoas feridas foram resgatadas da mina.

Eu tinha acabado de começar a trabalhar às 13h15 quando percebi que pedras estavam caindo da montanha. Vi que a situação estava ficando cada vez mais grave e uma evacuação foi organizada, mas era tarde demais, a montanha simplesmente desabou.

Mineiro resgatado em entrevista à CCTV

O carvão é uma importante fonte de energia na China, mas suas minas estão entre as mais mortíferas do mundo, em grande parte devido à aplicação negligente dos padrões de segurança, apesar das repetidas ordens do governo para melhorias na segurança ao longo dos anos.

O presidente Xi Jinping ordenou na quarta-feira esforços de busca e resgate, informou a mídia estatal, embora um segundo deslizamento de terra à noite tenha prejudicado o trabalho de encontrar sobreviventes.

Devemos fazer todos os esforços possíveis para resgatar as pessoas desaparecidas e tratar os feridos.

Xi Jinping, presidente da China

Os governos locais em várias regiões, incluindo a Mongólia Interior, Shanxi e Shaanxi, ordenaram que os mineradores de carvão, especialmente minas a céu aberto, realizem verificações de segurança imediatamente e as autoridades locais realizem inspeções após o colapso.

As minas da China vêm tentando aumentar a produção no ano passado, sob um apelo do governo por maiores suprimentos e preços estáveis. Estima-se que o governo tenha aprovado 260 milhões de toneladas de nova capacidade de mineração de carvão em 2022. A Mongólia Interior é a principal região produtora de carvão do país.

A mina perto da cidade de Alxa League era anteriormente uma mina subterrânea. Em 2012, ela foi convertida em uma operação a céu aberto, de acordo com a mídia estatal. Ela suspendeu a produção por três anos antes de reiniciar em abril de 2021.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!