A plataforma You atua como um buscador online e foi lançada em sua versão beta no final de 2021, fruto das mentes de ex-funcionários da Sales Force: os cientistas de computação Bryan McCann e Richard Socher. A ferramenta aposta na busca por informações online e garante preservar a privacidade de seus usuários enquanto realizam as pesquisas. O software ainda proporciona uma inteligência artificial gratuita para digitar, automaticamente, textos e códigos.

Assim como o Google e diversos outros buscadores, o You apresenta um resultado de busca com listas verticais de links. Além disso, a empresa ainda não fornece anúncios na plataforma nem resultados de busca mais específicos para a língua portuguesa.

publicidade

Leia mais:

Como acessar o You?

Reprodução: Wagner Edwards

Os interessados podem testar o serviço utilizando o navegador (you.com) ou ao realizar o download do buscador nos dispositivos móveis, sejam Android ou iOS. O design proporcionado pela plataforma apresenta cores em tons suaves, enquanto a barra de pesquisa disponibiliza resultados de busca nos principais sites e mídias sociais.

publicidade

Embora seja opcional se cadastrar no site, o registro é indicado para quem deseja personalizar os resultados de busca. O recurso pode ser útil para que o buscador exiba informações que sejam interessantes para você.

Ainda, é possível utilizar um sistema de criação de imagens –– YouImagine ––, um gerador de textos –– YouWrite ––, e até um chatbot –– YouChat –– para auxiliar nas buscas. O software foi desenvolvido para não acessar a localização do usuário, o que deve proporcionar mais segurança durante a utilização, além de não reter os dados de suas buscas na internet (mesmo sem estar no modo anônimo). Todas estas vantagens só são possíveis ao criar uma conta na plataforma.

publicidade

Inteligência artificial

Como já dito anteriormente, o site ainda conta um serviço de inteligência artificial. O item pode ser útil para personalizar os resultados das buscas, pois é possível dar like ou dislike nas matérias sugeridas pelo buscador –– o que deve ensinar à IA o tipo de conteúdo que deve aparecer com mais ou menos frequência enquanto o usuário utiliza o serviço.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!