Estrela cadente é um meteoro (ou restos de cometa) que entrou na atmosfera da Terra e pegou fogo, por conta do atrito com as moléculas de ar. Ou seja, não é uma estrela caindo do céu, apesar do nome sugerir isso.

Para ser mais exato, aquele rastro no céu são fragmentos – ou restos – fumegantes do corpo celeste. Ele se desfaz – geralmente, entre 90 km e 130 km do chão – por conta da combinação da sua velocidade altíssima (250 mil km/h, aproximadamente) e o atrito com o ar.

Leia mais:

Meteoroides, meteoros, meteoritos

Ilustração de meteoro passando pela Terra
Meteoro é um corpo celeste que entrou na atmosfera da Terra, pegou fogo e se desintegrou (Imagem: AnnieCee/Wikimedia Commons)

Para começar, saiba que eles parecem sinônimos, mas não são. Cada um tem suas particularidades, conforme sua posição. Confira abaixo:

publicidade
  • Meteoroides: corpos celestes vagando pelo espaço (ou seja, fora da atmosfera da Terra);
  • Meteoros: corpos celestes que entram na atmosfera terrestre, pegam fogo ao entrarem em contato com nosso ar e se desintegram;
  • Meteoritos: meteoros grandes (e resistentes) suficiente para não se desfazer completamente na atmosfera e, por isso, chegar até nosso chão.

Aliás, quando o assunto é queda de meteoritos na Terra, a chance maior é do corpo celeste dar um “tchibum” no oceano. Isso porque ele ocupa a maioria da superfície da Terra. Então, pode admirar, tranquilo, quando vislumbrar uma estrela cadente.

Chuva de meteoros

Chuva de meteoros durante o crepúsculo
Chuvas de meteoros acontecem quando a Terra tromba com rastros de cometas (Imagem: Rawpixel)

Se uma estrela cadente já é bonita de se ver, imagine várias delas ao mesmo tempo. Essa é a vista de uma chuva de meteoros. Ela acontece quando a rota da translação da Terra ao redor do Sol passa por uma região com rastro da passagem de um cometa.

Dessa forma, o cometa salpica a atmosfera terrestre com seus fragmentos, que viram meteoros fumegantes. Para nós, meros terráqueos com os pés no chão, o fenômeno parece um show de estrelas cadentes.

Fontes: Brasil Escola e Mundo Educação

Imagem de destaque: Achraf Alan / Pexels

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!