Mais difícil do encontrar o filme ideal para assistir no streaming é realizar essa tarefa não apenas pensando no seu próprio gosto, mas buscar algo com potencial para agradar toda a família. Para facilitar a vida de vocês, preparamos uma seleção de 10 filmes infantis que podem satisfazer a todos os familiares, independentemente de idade. Os títulos selecionados estão em diferentes plataformas de streaming.

Leia também:

A família Mitchell e a revolta das máquinas (Netflix)

Filme tem os mesmos realizadores de Homem-Aranha no Aranhaverso e de Uma aventura Lego. Imagem: Netflix/Divulgação

Uma família resolve viajar em grupo, com destino à faculdade da filha mais velha. Por esse mote, pode até parecer um típico filme de desventuras na estrada como tantas outras comédias, mas há uma peculiaridade. Durante a viagem, tem início uma inesperada revolução das máquinas, que leva os protagonistas a virarem improváveis heróis. Com um visual cheio de personalidade, ótimas piadas e personagens carismáticos, vale a pena deixar a sua família acompanhada dos Mitchell.

Detetive Pikachu (HBOMax e Prime Video)

detetive pikachu pokémon
Filme adapta um jogo derivado da franquia Pokémon. Imagem: Warner Bros./Reprodução

Inspirado em um jogo de mesmo nome, Detetive Pikachu segue um caminho diferente das aventuras típicas da franquia principal de Pokémon nos videogames. Ou seja, não há ninguém em busca do título de mestre pokémon. Aqui, temos um Pikachu que, diferentemente dos demais de sua espécie, tem a capacidade de falar. No entanto, apenas uma pessoa consegue compreendê-lo, Tim Goodman (Justice Smith). Na trama, Tim sai em busca de informações sobre o seu pai, um detetive desaparecido em circunstâncias misteriosas, e conta com ajuda do monstrinho amarelo.

publicidade

E.T. – O extraterrestre (Prime Video, Star+ e Telecine)

Dirigido por Steven Spielberg, clássico chegou aos cinemas em 1982. Imagem: Universal Pictures/Divulgação

Já se vão mais de 40 anos desde o lançamento de E.T.: O extraterrestre, o o filme segue capaz de encantar novas gerações. Isso porque sua história é atemporal sobre amizade, além de oferecer uma boa mescla entre humor, suspense e aventura. A história acompanha o garotinho Elliot (Henry Thomas), que descobre um alienígena no quintal de sua casa e acaba com criar um forte laço com a criatura. Embora a criança queira a permanência de seu novo amigo em casa, o ET tenta voltar para o seu lar, ao mesmo tempo o governo norte-americano sai em busca do alienígena.

Homem-Aranha no Aranhaverso (Disney+, Paramount+, Starz, Lionsgate+)

aranhaverso
Imagem: Sony/Divulgação

Talvez para alguns ainda seja uma novidade, mas o Homem-Aranha não é apenas Peter Parker. Vem de longa data nos quadrinhos a tradição de criar diferentes versões do personagem, com variações de identidade, de gênero, de etnia e, até mesmo, de espécie. É justamente o Aranhaverso mencionado no título deste filme, que coloca lado a lado algumas das variantes do herói, em uma filme que se destaca também de mistura de diferentes técnicas e estilos de animação. Inclusive, o título levou o Oscar de melhor animação em 2019.

Os Jovens Titãs em Ação! Nos cinemas (HBOMax)

Apesar de ser um filme infantil, animação tem piadas que agradam também audiências mais velhas.
Animação faz piada com filmes de super-heróis.

Muito além dos tradicionais aventuras, aqui há uma sátira ao gênero super-herói, especificamente em relação aos filmes que há anos vêm sendo um dos principais filões de Hollywood. Na trama, acompanhamos os Jovens Titãs frustrados com o fato de, ao contrário de outros supers, não terem o seu próprio filme nos cinemas. Assim, Robin, Ciborgue, Estelar, Ravena e Mutano fazem de tudo para serem levados a sério e ganharem prestígio para as telas. Apesar do visual mais infantil e da narrativa despretensiosa, o roteiro é repleto de piadas para audiências mais maduras, principalmente fãs de HQs.

Ponyo – Uma amizade que veio do mar (Netflix)

Animação japonesa é recomendada para toda a família.
Ponyo, de Hayao Miyazaki, é uma animação para o público infantil, mas com subtexto para adultos. Imagem: Ghibli/Reprodução

Ponyo é uma peixinho-dourado que, após ser capturada por um navio pesqueiro, acaba sendo salva por um garoto, Sosuke. Os dois, então, viram amigos inseparáveis e Ponyo passa a desejar virar humana, apesar da relutância de seu pai, que deseja que ela permaneça no mar. Caso essa sinopse lembre em algo a premissa de A pequena sereia, não é por acaso. A história de Ariel é uma das referências do diretor e roteirista deste adorável anime, Hayao Miyazaki (A viagem de Chihiro).

Moana (Disney+)

Moana é um dos filmes infantis indicados para ver com toda a família.
Filme terá uma série animada prevista para 2024. Imagem: © Walt Disney Studios

Após ver os habitantes de sua ilha sofrendo com o desaparecimento de recursos naturais, a garota Moana decide navegar pelos mares em busca de respostas dos seus ancestrais. Nessa jornada, ela é acompanhada por Maui, um semideus que é justamente o responsável pela praga que atinge o lugar. Escrito e dirigido por John Musker e Ron Clements, responsáveis por sucessos como A pequena sereia e Aladdin, o longa animado mantém o padrão de qualidade da dupla. Outro destaque é a trilha sonora, com trechos cantados em polinésio e instrumental da banda Foa’i, Te Vaka, de música tradicional da Polinésia.

Rei Leão (Disney+)

Filme animado ganhou também uma versão em live-action. Imagem: © Walt Disney Studios

Clássico atemporal, Rei Leão talvez hoje esteja um pouco ofuscado pela sua versão live-action de 2019, que foi um enorme sucesso. Mas a animação original tem um charme todo especial. A história, que traz ecos de Hamlet, acompanha Simba, um jovem leão que cresce carregando a culpa de ter sido o responsável pela morte de seu pai, o rei Mufasa, que na verdade foi assassinado pelo próprio irmão do monarca, Scar. Anos após o ocorrido, Simba retorna ao seu reino para reivindicar o trono usurpado por seu tio. Embora a trama tenha momentos sombrios, o tom predominante é leve.

Red: Crescer é uma fera (Disney+)

Red: Crescer é uma Fera
Diretora do filme, Domee Shi venceu o Oscar de melhor curta-metragem com Bao, animação exibida antes de Os Incríveis 2.
Imagem: © Walt Disney Studios

A adolescência é um período de grandes mudanças e desafios, especialmente para garotas. Essa questão é central em Red. A protagonista é Meilin, uma adolescente que, quando fica nervosa, se transforma em um enorme panda-vermelho. Essa transformação, além de ser uma metáfora sobre a puberdade, rende também momentos de humor, resultando em uma obra engaçada e também sensível e delicada, impactante para crianças e para pais e mães.

Turma da Mônica: Lições (Prime Video)

Turma da Mônica: Lições
Imagem: Serendipity Inc/Divulgação

Continuação do excelente Turma da Mônica: Laços (2019), Lições é, assim como o filme anterior, um filme sobre amizade, mas com um olhar mais amadurecido para a turminha. Aqui, temos cada um dos protagonistas encarando novos desafios pessoais: Mônica (Giulia Benitte) vai para uma escola nova, Cebolinha (Kevin Vechiatto) começa um tratamento fonoaudiológico, Magali (Laura Rauseo) tem aulas de culinária e Cascão (Gabriel Moreira) é matriculado na natação. Mesmo com um peso mais dramático, Lições não esquece da diversão e do bom-humor, entregando uma história leve e tocante.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!