Durante o evento “Futuro do Trabalho com IA”, a Microsoft anunciou o Copilot, seu novo recurso de inteligência artificial alimentado pelo modelo de linguagem GPT-4, que integrará os aplicativos do Microsoft 365, antigo Office.

No vídeo de demonstração, o Microsoft 365 Copilot faz resumos de chamadas, apresentações de slides, planilhas, gráficos e responde conversas.

Leia mais:

Word

Durante a demonstração, o Copilot realizou diversas tarefas no Word — escrevendo, resumindo e criando rascunhos para o usuário. O recurso ajuda a resumir e reescrever documentos existentes. Também é possível escolher o “tom” do texto escrito. 

publicidade
(Imagem: Divulgação/ Microsoft)

Confira alguns dos comandos possíveis no Word:

  • “Rascunhe uma proposta de projeto de duas páginas com base nos dados de [um documento] e [uma planilha].”
  • “Torne o terceiro parágrafo mais conciso. Mude o tom do documento para ser mais casual.”
  • “Crie um rascunho de uma página com base neste esboço.”

Excel

No Excel, o Copilot realiza análises e ajuda o usuário a explorar melhor as informações apresentadas. É possível pedir que ele faça fórmulas baseadas nas perguntas do usuário.

(Imagem: Divulgação/ Microsoft)

Alguns comandos possíveis com o Copilot no Excel são:

  • “Descreva as vendas por tipo e canal. Insira uma tabela.”
  • “Projete o impacto de [uma mudança de variável] e gere um gráfico para ajudar a visualizar.”
  • “Faça um modelo de como uma alteração na taxa de crescimento de [variável] afetaria minha margem bruta.”

Outlook

Para quem tem preguiça de ler longos e-mails, o Copilot do Outlook poderá ser a salvação. A inteligência artificial irá apresentar resumos de e-mails longos ou complicados e mostrar questões em aberto no e-mail. Também será possível escrever e-mails personalizando o tamanho e o tom do e-mail. 

Por exemplo, se você precisar responder um e-mail de um colega de trabalho, o texto pode ser desenvolvido em um tom mais casual. Caso a resposta seja para o seu chefe, o tom do texto pode ser alterado para mais profissional.

(Imagem: Divulgação/ Microsoft)

Confira os exemplos de comandos no Outlook:

  • “Resuma os e-mails que perdi enquanto estive fora na semana passada. Sinalize todos os itens importantes.”
  • “Esboce uma resposta agradecendo e pedindo mais detalhes sobre o segundo e terceiro pontos; encurte este rascunho e torne o tom profissional.”
  • “Convide todos para um “almoço e aprenda” sobre lançamentos de novos produtos na próxima quinta-feira ao meio-dia. Mencione que o almoço é fornecido.”

PowerPoint

Como adiantado por um vazamento, o PowerPoint consegue criar apresentações baseadas em arquivos existentes. Também é possível criar uma apresentação a partir de um esboço passado pelo usuário, escolhendo layouts, animações, formatação do texto, entre outras funções.

(Imagem: Divulgação/ Microsoft)

Algumas das possibilidades de comandos no PowerPoint são:

  • “Crie uma apresentação de cinco slides com base em um documento do Word e inclua fotos relevantes.”
  • “Consolide esta apresentação em um resumo de três slides.”
  • “Reformate esses três marcadores em três colunas, cada uma com uma imagem.”

Teams

No Teams, a Microsoft está trazendo algumas novidades do Teams Premium, que usa recursos do ChatGPT para realizar resumos das videochamadas.

A IA realizará resumos de reuniões, separando os pontos de destaque das conversas, e agendará novas calls.

Quem nunca ficou perdido no meio de uma chamada de equipe? É possível perguntar ao Copilot sobre o que os participantes de reunião estavam discutindo.

Confira alguns exemplos de perguntas ao Copilot sobre reuniões no Teams:

  • “Resuma o que eu perdi na reunião. Que pontos foram feitos até agora? Onde discordamos neste tópico?”
  • “Crie uma tabela de prós e contras para [tópico em discussão]. O que mais devemos considerar antes de tomar uma decisão?”
  • “Quais decisões foram tomadas e quais são as próximas etapas sugeridas?”

Com informações de Microsoft.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!