O celular já é considerado uma das tecnologias mais utilizadas atualmente, embora o número de usuários que o utilizam para realizar ligações venha diminuindo com o passar dos anos. Isso porque o aparelho disponibiliza uma série de outras ferramentas e aplicativos, os quais podem auxiliar a rotina dos usuários de outras maneiras para além da comunicação. A seguir, destacamos cinco dicas criativas para aprimorar a sua saúde e bem-estar utilizando o celular.

Leia mais:

1. Aplicativos específicos

aplicativo da adidas para treinos
Aplicativo de treino da Adidas (Divulgação: Adidas)

Existe um aplicativo específico para quase qualquer necessidade nos dias de hoje. O celular é uma porta de entrada para instalar diversos softwares que devem auxiliar a rotina dos usuários; no campo da saúde em especial, não é difícil encontrar opções para acessar dietas com base em biotipos corporais, treinos aeróbicos e anaeróbicos para diferentes propósitos, verificar a quantidade de proteína e calorias nas comidas, e muito mais.

Ao acessar a loja de apps do seu smartphone, é fácil encontrar uma série de opções que auxiliam no cuidado do seu corpo. Há aplicativos, inclusive, que requerem menos movimento do corpo, como é o caso daqueles que fornecem meditação guiada para auxiliar no autocontrole e ansiedade. Por isso, instalar um aplicativo mediante à sua necessidade pode ser uma boa opção.

publicidade

2. Playlist para estimular sono ou acalmar os nervos

playlist do spotify para relaxar
Playlists para dormir no Spotify (Reprodução: Wagner Edwards/ Olhar Digital)

Serviços de streaming com o YouTube e Spotify já disponibilizam uma série de playlists destinadas a estimular o sono e acalmar os nervos. Os sons de chuva e trovão são bastante populares para ajudar a dormir, principalmente porque há vídeos com a tela totalmente preta –– o que impede o excesso de luz em um quarto escuro.

Já o som de flautas, por exemplo, dentre outros instrumentos musicais, pode ser útil para distrair as mentes ansiosas e evitar picos de crise. Também há mídias indicadas para quem deseja focar em atividades específicas, como estudo: a música reproduzida promete estimular o foco do estudante e contribuir para maior produtividade.

3. Definir alarme para dormir

É comum definir alarme para tomar remédios, mas poucas pessoas têm o hábito de defini-los para ir para a cama. Com o avanço da tecnologia, estamos imersos em uma enchente de informações o tempo todo, o que pode contribuir para o cérebro ficar alerta e evitar o sono. Ao definir um alarme específico para dormir, o usuário constrói uma rotina na qual o corpo deve se adaptar aos poucos, o que deve contribuir para a melhora do sono.

4. Ativar o modo noturno

criança mexendo no celular durante à noite
Reprodução: ljubaphoto/Getty Images

A exposição à tela do celular expõe os olhos a uma grande intensidade de luz. No período da noite, nem todo mundo possui o hábito de diminuir o brilho da tela ou ficar em um ambiente iluminado enquanto acessa o smartphone. Por isso, pode ser interessante ativar o “Modo noturno” no seu aparelho: a configuração ajuda a reduzir o cansaço visual, que pode resultar em dores de cabeça e nos olhos, e ainda diminui a intensidade de luz azul emitida pela tela.

5. Telemedicina

Muitas pessoas já trabalham diretamente de casa, seja pelo computador ou celular, mas nem todos sabem da possibilidade em ser atendido por profissionais da saúde pelo celular. Embora nem todas as especialidades sejam disponibilizadas virtualmente, pois algumas demandas exigem a presença no consultório, outras já podem ser acessadas de maneira remota, como: psicologia, dermatologia, psiquiatria, nutrição, endocrinologia, e muito mais.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!