Os termos HD, FHD, UHD, 4K e 8K se referem às resoluções de tela utilizadas em dispositivos eletrônicos, tais como televisores, monitores, smartphones e projetores. Esses termos indicam a quantidade de pixels que compõem a imagem exibida na tela, tanto na horizontal quanto na vertical, sendo que resoluções mais altas resultam em imagens mais nítidas e detalhadas.

Contudo, na hora de adquirir um dispositivo eletrônico, a escolha da resolução ideal deve ser feita com base nas necessidades específicas de uso, orçamento e tamanho da tela, levando em consideração as vantagens e desvantagens de cada opção. Vamos conhecer cada uma delas!

publicidade

Leia mais:

HD (High Definition)

É uma tela com 720 pixels de altura e 1280 pixels de largura, que resulta em uma proporção de tela de 16:9. É comumente encontrada em dispositivos mais antigos ou em telas menores, como televisores, monitores de computador, câmeras de vídeo e dispositivos móveis. Embora apresente o menor número de pixels entre as opções de resolução dessa lista, a qualidade de imagem do HD ainda é razoavelmente boa, mas não tão detalhada quanto às resoluções mais altas. No entanto, o HD pode ser uma opção mais econômica e adequada para telas menores ou para uso em locais onde a distância de visualização é maior. Se o objetivo for realizar tarefas simples, como navegar na internet, assistir a vídeos ou usar aplicativos básicos, a resolução HD pode ser suficiente.

publicidade

FHD (Full HD) 

A resolução FHD é uma atualização em relação à HD, com o dobro da quantidade de pixels, resultando em uma imagem mais nítida, detalhada e de alta qualidade. É uma das resoluções mais comuns em dispositivos eletrônicos como TVs, monitores e smartphones, e se refere a uma resolução de tela de 1920 pixels de largura por 1080 pixels de altura, com uma proporção de tela de 16:9, assim como o HD. É recomendada para dispositivos com telas maiores ou para uso em aplicativos que requerem maior clareza visual, como jogos ou exibição de filmes em alta definição.

É uma boa escolha para consumidores que buscam opções com boa qualidade de imagem, mas que não querem investir muito dinheiro em um dispositivo eletrônico. 

publicidade
TVs OLED da LG em exibição
OLED é o tipo de tela de aparelhos premium (Imagem: Maurizio Pesce/Wikimedia Commons)

UHD (Ultra-High-Definition)

A resolução UHD é uma resolução de imagem mais alta do que a resolução Full HD (FHD). Existem duas variações principais da resolução UHD: 3840 x 2160 pixels (também conhecido como 4K UHD) e 7680 x 4320 pixels (também conhecido como 8K UHD). Ambas as resoluções oferecem imagens de alta qualidade e maior nitidez em telas maiores.

4K 

A resolução 4K é caracterizada por uma tela com 3840 pixels de largura por 2160 pixels de altura, o que corresponde a quatro vezes a quantidade de pixels do FHD. Isso permite que as imagens exibidas na tela sejam mais nítidas, detalhadas e com uma maior profundidade de cor. Essa resolução é amplamente utilizada em diversos dispositivos eletrônicos avançados, como TVs, monitores de computador e projetores. É especialmente indicada para atividades que requerem uma qualidade de imagem excepcionalmente alta, como jogos, filmes e outras aplicações. A resolução 4K é recomendada principalmente para dispositivos com telas maiores, pois oferece alta densidade de pixels, o que a torna ideal para exibição de filmes e programas de TV em alta definição, jogos e produções de vídeo profissionais. 

publicidade

Entretanto, é importante ressaltar que para aproveitar ao máximo a resolução 4K, é necessário que o conteúdo esteja em alta definição e que o dispositivo suporte essa resolução. 

8k

A resolução 8K é uma resolução de imagem que possui uma largura de 7.680 pixels e uma altura de 4.320 pixels, o que resulta em uma quantidade de pixels quatro vezes maior do que a resolução 4K e dezesseis vezes maior do que a resolução Full HD. Isso permite uma qualidade de imagem ainda mais excepcional, com uma nitidez impressionante, cores vibrantes e uma riqueza de detalhes nunca antes vista. Essa tecnologia é usada principalmente em televisores e monitores de computador de tela grande, bem como em produções de vídeo profissionais, como filmes, documentários e vídeos publicitários. No entanto, a resolução 8K ainda é relativamente nova e, portanto, não é tão comum quanto a resolução 4K. Além disso, os dispositivos eletrônicos compatíveis com essa resolução são mais caros e exigem uma conexão de internet de alta velocidade para transmitir conteúdo em 8K.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!