O Mac Mini é o PC minúsculo da fabricante Apple e foi pensado para atrair os públicos que procuram por tecnologias pequenas, mas com alto poder de processamento. Desta forma, a empresa disponibiliza um “desktop” com dimensões de apenas 19,7 x 19,7 cm e desempenho profissional. A seguir, entenda como o Mac Mini funciona e quais as suas vantagens.

Leia mais:

Como o Mac Mini da Apple funciona?

mac mini apple
Reprodução: Joey Banks/Unsplash

O dispositivo é, basicamente, uma CPU: o usuário conecta os aparelhos no painel de conexão –– como monitor, mouse e teclado –– e já pode iniciar o uso do aparelho. A região traseira contêm todas as entradas necessárias para inserir os equipamentos, a porta para a fonte de energia, e o botão power.

A proposta da empresa era a de unificar vários sistemas de funcionamento em uma pequena plataforma. Assim, o Mac Mini acabou integrando as principais linhas de funcionamento de um computador convencional e ainda explora características que o consideram como um PC profissional –– como é o caso da GPU, que deve reproduzir programas pesados e jogos com mais precisão, e apresentar grande utilidade para o público gamer e profissionais que trabalham com diferentes tipos de edição digital.

publicidade

Além disso, vale ressaltar que um dos diferenciais do produto é a possibilidade de utilizá-lo com periféricos de outras fabricantes. Isto é, você não precisa utilizar os monitores, teclados, e mouses da Apple para conectar o Mac Mini; o que torna o item muito mais versátil.

Quais as vantagens que a Apple traz no Mac Mini?

  • Portabilidade;
  • Alto poder de processamento;
  • Indicação para tarefas exigentes;
  • GPU integrada;
  • Memória RAM com baixa latência e mínimo de 8 GB;
  • Não precisa ser utilizado com periféricos Apple;
  • Suporta até duas telas simultaneamente;
  • Compatível com Wi-Fi 6.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!