A ARM, fabricante britânica de chips, está trabalhando em seu próprio semicondutor para mostrar a capacidade de seus produtos e atrair mais clientes, segundo informou a Financial Times. De acordo com o portal, a intenção também seria impulsionar a visibilidade e crescimento da empresa antes de sua Oferta Pública Inicial (IPO), programada para o final do ano. 

Resumo: 

  • A ARM está se unindo a parceiros de fabricação para o desenvolvimento do novo chip; 
  • A empresa construiu uma equipe especial de “engenharia de soluções” para trabalhar no projeto; 
  • Os chips desenvolvidos terão capacidade para dispositivos móveis, laptops e outros eletrônicos, como computadores. 

Leia mais! 

Ainda conforme o FT, na verdade, o chip está em desenvolvimento há mais de seis meses. O projeto corre em segredo na indústria, mas executivos próximos ao planejamento disseram que o semicondutor está “mais avançado” do que nunca, sendo o mais tecnológico já produzido pela empresa nos últimos anos. 

publicidade

A equipe interna da ARM responsável pelo desenvolvimento do chip será liderada por Kevork Kechichian, antigo engenheiro da Qualcomm — também criador de algumas das arquiteturas-base que ainda hoje se encontram nos chips Snapdragon. 

Imagem: shutterstock/Ascannio

Caso o projeto se concretize, essa pode ser a largada para uma competição direta com empresas como Qualcomm e Samsung. Fontes acrescentaram à Times, no entanto, que é possível que a ARM opte por não vender ou licenciar a nova tecnologia, se mantendo neutra no mercado. 

Vale pontuar que mais de 500 empresas, incluindo Apple, MediaTek e Qualcomm, empregam componentes projetados pela ARM em seus semicondutores. 

A ARM se recusou a confirmar ou comentar sobre o projeto. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!