A Meta anunciou que irá remunerar criadores de conteúdo do Facebook e Instagram com base nas visualizações de Reels.

O que você precisa saber:

  • Empresa disse que está convidando milhares de criadores do Facebook para participar dos testes;
  • Nas próximas semanas, um programa semelhante começará com criadores do Instagram;
  • A Meta está convidando criadores de 52 países – entre eles, o Brasil. 

Como explica o comunicado, pagamentos serão determinados pelo número de visualizações. Com a mudança, Meta deixará de remunerar o criador baseado apenas em anúncios veiculados aos espectadores – variável que fugia do controle da empresa.

Leia mais:

Reels
(Imagem: Ascannio/ Shutterstock)

Quanto melhor for o desempenho do Reels, mais os criadores poderão monetizar, independentemente de um anúncio ser ou não veiculado nele. Com o tempo, poderemos começar a incorporar outros indicadores aos pagamentos.

Meta, em comunicado.

Desse modo, empresa passará a otimizar experiência de anúncios nas plataformas. Assim, o criador poderá focar em conteúdos que são atrativos ao seu público.

publicidade

A novidade também será positiva para anunciantes, pois terão mais opções de anúncios para alcançar mais pessoas.

Segundo a Meta, a mudança implicará numa experiência melhor para o público. Isso porque, ainda segundo a empresa, anúncios devem ser mais relevantes para o usuário.

Como participar dos testes

Montagem com telas de testes em Reels
(Imagem: Divulgação/Meta)

Os criadores selecionados devem concluir o processo de integração, aceitando termos de uso e fornecendo dados para pagamento.

Para verificar se é um dos selecionados, o criador pode acessar o “Painel de controle profissional” e seguir para a seção “Ferramentas de monetização”.

Caso for um dos convidados, criador verá a opção “Anúncios no Reels”. Para realizar a integração, ele deve clicar em “Configurar”.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!