A Cosmic Aerospace, de Denver, nos EUA, está desenvolvendo aeronave completamente elétrica, com o intuito de reduzir a poluição do ar causada por voos regionais. A startup apresenta proposta de eletrificação diferente das demais no mercado.

Leia mais:

A maioria das outras empresas estão desenvolvendo aviões elétricos com combustíveis sustentáveis ​​para aviação, hidrogênio e tecnologia de baterias. Já a Comic está focada em engenharia em melhores sistemas de propulsão e design exclusivo de estrutura aérea, segundo Christopher Chahine, CEO da Cosmic Aerospace.

  • A startup projeta desenvolver avião elétrico que opere sem emissões, mas que ainda alcance voos em pouco mais de 960 quilômetros;
  • As aeronaves elétricas que já existem no mercado só podem transportar cerca de 12 passageiros por dezenas de quilômetros, segundo o Conselho Internacional de Transporte Limpo;
  • Com as novas aeronaves, a Comic pretende reduzir energia em 50% ou mais em comparação aos aviões tradicionais — de forma que possa transportar de 20 a 30 passageiros em até mil quilômetros.

O futuro da aviação e o compromisso climático

Atualmente, os voos representam mais de 2% de todas as emissões de carbono relacionadas à energia, e as emissões de poluentes avançam em velocidade maior que os demais meios de transporte, segundo a Agência Internacional de Energia.

publicidade

Além das emissões de carbono, a aviação também gera gases de efeito estufa, incluindo óxidos de nitrogênio – responsáveis por alterar a composição da atmosfera, podendo agitar o ozônio e o metano. Ainda, gases de escape da aviação também contribuem para o aquecimento global, relata Chahine.

Na fase inicial do projeto, a startup recebeu US$ 1,5 milhão em rodada de financiamento liderada pelos fundos Pale Blue Dot e 50 Years, focados em questões climáticas.

A aviação elétrica sempre sofreu com problema de alcance […], mas meu voo médio é de mais de 800 quilômetros pessoalmente. Quando penso em futuro sustentável, sei que não podemos parar de voar. Portanto, descobrir a eficiência aerodinâmica com novo tipo de motor é uma ótima abordagem.

Alex Teng, sócio da 50 Years

Com informações de CNBC

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!