Pela primeira vez, adolescentes de 13 a 17 anos podem criar suas próprias contas no Uber nos EUA. Mas ela deve estar vinculada à conta dos pais ou responsáveis. E motoristas podem optar por não levar passageiros menores de idade desacompanhados.

Leia mais:

Empresa anunciou novidade durante o “Go/Get”, seu evento anual de produtos, realizado nesta quarta-feira (17). Até então, menores de idade desacompanhados não podiam solicitar viagens no Uber, porque aplicativo exigia que usuários tivessem pelo menos 18 anos para criar conta.

O que você precisa saber:

  • Adolescentes podem criar contas no Uber nos EUA, mas ela deve estar vinculada à conta dos pais ou responsáveis;
  • Apesar de estimular independência dos adolescentes, contas são essencialmente controladas por seus pais ou responsáveis;
  • Antes de criar conta, adolescentes passarão por treinamento de segurança no aplicativo;
  • Motoristas têm opção de aceitar ou não passageiros menores de idade.

Uber para adolescentes

Pessoa com celular na mão esperando, na beira de uma calçada, Uber chegar
(Imagem: Reprodução)

As contas de adolescentes são essencialmente controladas por seus pais ou responsáveis. É assim: o adulto titular da conta a configura, recebe notificações quando uma carona é solicitada, pode rastrear a carona do adolescente em tempo real e pode até se comunicar com o motorista.

publicidade

Os pais e responsáveis ​​também podem utilizar o recurso de gravação de áudio no carro do Uber, que está disponível para clientes por meio do aplicativo desde 2021. Ideia é dar aos pais e responsáveis ​​tranquilidade de que seu filho adolescente está usando o Uber com segurança e responsabilidade, disse Kansal.

Adolescentes adeptos a subverter restrições de idade do Uber usam o serviço há anos, claro. Dados de empresas de cartão de crédito em 2019 descobriram que Uber e Lyft representavam 94% das transações de serviço de táxi para clientes de 13 a 18 anos, revelou a Vox.

Além disso, relatos sobre adolescentes usando contas do Uber de seus pais ou de um amigo mais velho são extremamente comuns. E motoristas acabam na posição difícil de recusar um passageiro por este ser menor de idade.

Importância para motoristas

Motorista com uma mão no volante e celular na outra, com imagem da logomarca do Uber aberta
(Imagem: Tero Vesalainen/Shutterstock)

Com novo recurso, motoristas têm a opção de aceitar ou não passageiros menores de idade. O cliente será identificado como adolescente no aplicativo quando o pedido chegar, dando total transparência a ele.

O Uber já experimentou permitir que adolescentes viajassem sem os pais no passado – com resultados mistos. Em 2017, empresa lançou um piloto do projeto em Seattle, Phoenix e Columbus, nos EUA, que permitia aos pais reservar passeios para seus filhos adolescentes. Mas motoristas não foram notificados quando aceitaram o pedido de carona de um adolescente, levando muitos a levantarem preocupações sobre responsabilidade. O piloto logo fracassou.

Desta vez, adolescentes que quiserem abrir conta no Uber precisarão passar por um treinamento obrigatório de segurança pelo aplicativo. Os motoristas, por sua vez, não são solicitados a passar por exames adicionais além do histórico criminal e das verificações de antecedentes que já são exigidos. E apenas motoristas com classificação alta poderão aceitar passageiros menores de idade.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!