O CEO da Microsoft, Satya Nadella, disse em entrevista à CNBC que o aspecto mais assustador da inteligência artificial é que “toda a sociedade” precisa se unir para “maximizar oportunidades e mitigar perigos” dessa tecnologia.

Definitivamente, queremos os benefícios dessa tecnologia e queremos mitigar as consequências não intencionais. A liderança necessária e a união de todas as partes necessárias são desafiadoras, mas precisam ser feitas.

Satya Nadella, CEO da Microsoft.

Em todo o mundo, autoridades estão preocupadas com a regulação das IAs desde a popularização desse tipo de tecnologia após o lançamento do ChatGPT.

publicidade

Leia mais:

OpenAI é independente da Microsoft, diz o CEO

  • Em 2019, a Microsoft investiu US$1 bilhão na OpenAI, responsável pelo ChatGPT e Dall-E. No início do ano, a Microsoft disse que faria um investimento “plurianual e multibilionário” na startup.
  • Desde então, a gigante da tecnologia tem feito diversas integrações do GPT-4, modelo de linguagem generativa por trás do ChatGPT, aos seus produtos. O grande destaque vai para o Bing Chat, o chatbot da Microsoft que usa o modelo de linguagem da OpenAI.
  • Recentemente, Elon Musk, CEO da Tesla, disse que a Microsoft estava efetivamente controlando a startup. Nadella rebateu a afirmação e disse que a OpenAI tem a oportunidade de competir com grandes companhias da tecnologia, como o Google e a própria Microsoft.

A OpenAI está fundamentada em sua missão de ser controlada por um conselho sem fins lucrativos. Temos uma participação minoritária nela, mas uma grande parceria comercial.

Satya Nadella, CEO da Microsoft.

O potencial da IA no trabalho e educação

Nadella também comentou os temores de que a IA possa ocupar postos de trabalho. O executivo disse que toda vez que surge uma tecnologia inovadora, existe a possibilidade de mudanças acontecerem no mercado de trabalho. Também afirmou que a IA deve criar novos empregos.

publicidade

A ideia é a IA seja realmente uma ferramenta democratizadora para facilitar o acesso a novas tecnologias e a novos conhecimentos, de modo que o aumento da curva de aprendizado seja mais fácil.

Satya Nadella, CEO da Microsoft.

Para resumir o potencial da IA, ele fez uma analogia com a fala de Steve Jobs que dizia que os computadores “são como uma bicicleta para a mente”. Nadella considera que a IA é “uma máquina a vapor para a mente”.

Com informações de CNBC e Bloomberg.

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!