Existem várias regras amplamente aceitas para votos de casamento. As principais são: não fale sobre outros relacionamentos, não desenterre “histórias de bêbado” e não improvise. Mas uma nova questão de etiqueta surgiu recentemente: você pode usar o ChatGPT – ou outra ferramenta com inteligência artificial – para escrevê-los?

Leia mais:

Casais e seus entes queridos estão colocando o ChatGPT no teste emocional de Turing – teste checa capacidade de uma máquina de exibir comportamento inteligente equivalente ao de um ser humano.

O que eles estão descobrindo é que a IA, por ora, não vence seres humanos na hora de dissertar sobre sentimentos (ufa!). Mas pode ajudar a resgatar memórias ou criar estrutura para textos.

publicidade

ChatGPT nos casamentos

Casal em casamento em que noiva segura páginas de discurso que escreveu com ajuda do ChatGPT
ChatGPT ajudou Kelly Tenn a quebrar bloqueio criativo para escrever seus votos de casamento (Imagem: Anthony e Krysta Hudson/Luminary)

Dez dias antes de seu casamento, Kelly Tenn, de 35 anos, se viu no site de planejamento Joy, respondendo às solicitações de sua ferramenta gratuita de IA que escreve discursos. Ela conta com a tecnologia ChatGPT, da OpenAI.

A executiva de marketing trabalha com conteúdo para uma empresa de tecnologia em nuvem em São Francisco (EUA). Mas, para votos de casamento, “é preciso um pouco mais de criatividade na forma como você articula algo que resume seu relacionamento por muitos anos e anos”, disse ela, em entrevista ao The Wall Street Journal.

Kelly usou o produto para criar diversas versões de votos gerados por IA, incluindo prosa “falada como um amigo” e “no estilo shakespeariano”. Por fim, ela descartou os rascunhos, que achou básicos e indefinidos, mas disse que usar a ferramenta a ajudou a quebrar seu bloqueio criativo.

Celular com logomarcas da OpenAI e ChatGPT na tela e logomarca da OpenAI ao fundo
(Imagem: Fabio Principe/Shutterstock)

Antes do casamento em abril, Jeff e Allison Hood, de Atlanta, usaram o brinde e o construtor de votos da Provenance, lançado no início de 2023. Ele solicita que cada parceiro compartilhe histórias, memórias e promessas para seu futuro cônjuge. Por meio do serviço, que custa US$ 20 (aproximadamente R$ 100, na cotação atual), cada parceiro também pode ver estimativa de duração e o tom dos votos de seus entes queridos, sem ver o conteúdo.

Hood, costureiro de 34 anos, disse que “não é um romancista” e ficou grato pela ferramenta apresentar seus pensamentos de forma que fluísse bem. Allison, de 32 anos e chefe numa agência de marketing digital, disse que seus votos teriam soado como se tivessem sido escritos por um aluno da segunda série. Lendo o que Provenance sugeriu, ela pensou: “’Uau, eu nunca teria formulado dessa maneira e soa tão atencioso – e como eu realmente me sinto’”, contou.

Outros episódios

Mãos robóticas sobre teclado
(Imagem: Thinkstock)

Menos de duas semanas antes de fazer um brinde no jantar de ensaio para o casamento de um melhor amigo, Randi Kramer, de 29 anos, pensou: como capturar quase uma década de amizade em apenas alguns minutos? Outro amigo sugeriu que ela experimentasse o ToastWiz, um serviço pago para elaboração de discursos que usa IA.

“Mais do que tudo, foi uma ferramenta que me ajudou a superar o bloqueio criativo”, disse Randi, que trabalha numa editora em Nova York. Graças às sugestões que formulário lhe deu – por exemplo, pedir adjetivos para descrever o casal e uma anedota favorita sobre a noiva – ela finalmente foi capaz de “fazer ideias fluirem”.

A engenheira de software Julia Rosenson, de 25 anos, usou o serviço Joy para ajudar a escrever seu discurso de madrinha para o casamento de sua irmã em setembro. Embora tenha achado “uma ferramentinha divertida” para brincar, Rosenson disse que deveria ser usada apenas como inspiração.

Com informações de The Wall Street Journal

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!