A maioria dos países falantes da língua inglesa considera a Oceania como uma região geográfica, muitas vezes geopolítica, em vez de um continente. No entanto, lugares como o Brasil ainda consideram a Oceania como um continente, ou melhor, um arquipélago-continente.

Independente da denominação exata, a definição da área diz respeito a mais de 10 mil ilhas em todo o Oceano Pacífico Central e Sul que, em seu sentido mais amplo, abrange toda a região insular entre a Ásia e as Américas.

Leia também:

O que é a Oceania?

Mapa Físico da Oceania. Imagem: Cartarium/Depositphotos
Mapa Físico da Oceania. Imagem: Cartarium/Depositphotos

Existem 14 países na Oceania: Austrália, Micronésia, Fiji, Kiribati, Ilhas Marshall, Nauru, Nova Zelândia, Palau, Papua Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Tonga, Tuvalu e Vanuatu. Seu único país continental, no entanto, é a Austrália, que ocupa mais de 90% de sua área total.

publicidade

A maior parte da Austrália e da Oceania está debaixo d’água, sob o Pacífico, e o nome “Oceania” estabelece justamente o Oceano Pacífico como a característica definidora do menor continente do mundo.

Tradicionalmente, a Oceania tem sido dividida em quatro partes: a Australásia (Austrália, Nova Zelândia e Nova Guiné), a Melanésia, a Micronésia e a Polinésia. 

Sydney, Austrália. Foto: Caleb/Unsplash
Sydney, Austrália. Foto: Caleb/Unsplash

As definições mais populares delimitam a Oceania eliminando a Indonésia, Taiwan e as Filipinas, porque os povos e as culturas dessas ilhas estão mais intimamente relacionados historicamente ao continente asiático.

Ademais, embora as ilhas havaianas estejam um pouco distantes da maioria das ilhas da Oceania, elas ainda estão física e culturalmente muito mais próximas do restante da Oceania do que da América do Norte e, portanto, geralmente são incluídas na Oceania. A Ilha de Páscoa, uma ilha polinésia no leste do Oceano Pacífico, parte do território do Chile, também geralmente é incluída.

Por que a Oceania é considerada um continente-arquipélago?

Por definição, um arquipélago é uma área que contém uma cadeia ou grupo de ilhas espalhadas em lagos, rios ou no oceano. Como a Oceania é composta principalmente por ilhas, ela é considerada um arquipélago-continente.

A principal razão para o debate sobre o assunto é a formação da Oceania, pois, de acordo com sua história geológica, a Austrália estava conectada à Índia até que a placa tectônica se deslocou para o sul.

Placas tectônicas. Imagem: PeterHermesFurian/Getty Images
Placas tectônicas. Imagem: PeterHermesFurian/Getty Images

Além disso, as unidades de relevo da Oceania são geologicamente recentes, com exceção da área australiana. A grande quantidade de ilhas vulcânicas demonstra a grande presença do vulcanismo na região, graças ao encontro entre as duas placas tectônicas – que causam o debate. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!