O Playstation 5 se destaca principalmente pela sua impressionante coleção de remakes e remasterizações de jogos clássicos e populares de gerações passadas. Essas versões aprimoradas apresentam melhorias significativas na jogabilidade e enredo, tornando-os adequados para a nova geração de jogadores. Embora a quantidade de novos títulos ainda seja limitada, existem alguns jogos interessantes disponíveis. Abaixo estão listados os 10 jogos mais bem avaliados para o PS5, de acordo com a crítica especializada.

Leia mais:

10. Horizon Forbidden West (88/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “Horizon Forbidden West” (2022) / Crédito: Guerrilla Games (divulgação)

A caçadora Aloy retorna nesta sequência de “Horizon Zero Dawn”, em um mundo povoado por máquinas monstruosas. “Horizon Forbidden West” é um RPG de ação onde se explora um mundo aberto pós-apocalíptico baseado na região oeste dos Estados Unidos. O jogo foi bem recebido pela crítica por aprimorar o que já era bom no  jogo anterior.

9. Deathloop (88/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “Deathloop” (2021) / Crédito: Arkane Lyon, Bethesda (divulgação)

“Deathloop” é um alucinante jogo de tiro em primeira onde o protagonista é um assassino preso em um loop temporal em uma ilha misteriosa. Ele deve eliminar oito alvos antes da meia-noite para quebrar o ciclo. O jogo combina furtividade, parkour, habilidades de ataque e poderes. 

publicidade

8. Ratchet & Clank: Rift Apart (88/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “Ratchet & Clank: Rift Apart” (2021) / Crédito: Insomniac Games (divulgação)

“Ratchet & Clank: Rift Apart” é o décimo segundo título principal da série Ratchet & Clank, e sequência de “Ratchet & Clank: Into the Nexus” de 2013. O jogo mantém a mesma jogabilidade dos títulos anteriores como variedade de armamentos, gadgets e tiroteio desenfreado. Nesse jogo, há a introdução de um sistema de portais interdimensionais que permite aos jogadores viajar quase instantaneamente entre diferentes áreas, planetas e outros mundos. 

7. Dead Space Remake (89/100 no Metacritic)

Imagem do Remake de “Dead Space” (2023) / Crédito: Electronic Arts (divulgação)

Jogo do gênero survival horror e remake do original lançado em 2008, Dead Space traz uma série de mudanças ao jogo original, incluindo voz e diálogos para o até então silencioso Isaac, muito mais gore com sistema de “peeling” nos corpos dos Necromorphs, aprimoramento no elemento de gravidade zero e armas especializadas para cortar membros ou destruir corpos.

6. Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 (90/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “Tony Hawk’s Pro Skater 1 + 2” (2020) / Crédito: Vicarious Visions, Activision (divulgação)

Remake dos dois primeiros jogos da série Tony Hawk’s Pro Skater, lançados originalmente em 1999 e 2000, o “1+2” oferece nostalgia e mantém a fidelidade às obras originais, trazendo melhorias gráficas e ajustes de jogabilidade para se adequar aos padrões modernos. Novos recursos também foram introduzidos, como a criação de skateparks personalizados e modos multiplayer online. 

5. Demon’s Souls Remake (92/100 no Metacritic)

Imagem do Remake de “Demon’s Souls” (2020) / Crédito: Bluepoint Games (divulgação)

Em 2020, foi lançado o Remake do Demon’s Souls, disponível exclusivamente para o PlayStation 5. O jogo traz melhorias nos gráficos, remasterização do áudio, aprimoramentos na jogabilidade e introdução de novas mecânicas. Do gênero RPG de ação com um estilo de combate desafiador e exploratório, o jogo mantém a essência do original. 

4. Resident Evil 4 Remake (93/100 no Metacritic)

Imagem do Remake de “Resident Evil 4” (2023) / Crédito: Capcom (divulgação)

Remake do clássico jogo da Capcom lançado em 2005, Resident Evil 4 de 2023 trouxe atualizações e modificações na trama e na jogabilidade do original para a atual geração de videogames. De acordo com a crítica especializada, a essência do jogo foi preservada, e a modernização trouxe novos significados muito bem-vindos tanto ao jogo original quanto a toda a série Resident Evil.

3. Hades (93/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “Hades” (2018) / Crédito: Supergiant Games (divulgação)

Jogo do sub gênero roguelike, a história de “Hades” se passa na mitologia grega e os jogadores controlam  Zagreus, filho do deus Hades, que busca escapar do submundo. Além do combate frenético, Hades também se destaca por sua narrativa envolvente, jogabilidade fluida e visual estilizado.

2. God of War Ragnarök (94/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “God of War Ragnarök” (2022) / Crédito: Santa Monica Studio (divulgação)

“God of War Ragnarök” é o nono título da série God of War e continua a história de Kratos e seu filho Atreus, iniciados em God of War (2018). Ambientado na antiga Escandinávia e inspirado na mitologia nórdica, o jogo marca o início do Ragnarök, um evento cataclísmico que traz o fim dos deuses nórdicos. A crítica especializada elogiou a narrativa, os visuais  gráficos e as melhorias técnicas gerais do jogo em relação ao seu antecessor.

1. Elden Ring (96/100 no Metacritic)

Imagem do jogo “Elden Ring” (2022) / Crédito: FromSoftware, Bandai Namco Entertainment (divulgação)

“Elden Ring” é um jogo de RPG de ação em terceira pessoa cuja a história tem a colaboração do autor de fantasia George R. R. Martin, criador da série de livros “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que deu origem a série “Game of Thrones”. O jogo apresenta um mundo aberto com excelente mecânica de exploração, com cenários intrigantes e desafiadores, onde os jogadores podem lutar com diferentes armas e magias, andar a cavalo e criar novos itens.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!