Como seriam os Vingadores se um de seus líderes e super-heróis mais emblemáticos fosse outra pessoa? Isso quase aconteceu. Na época de escalar o Homem de Ferro, o ex-chefe da Marvel Studios, David Maisel, queria Robert Downey Jr., mas recebeu críticas e até foi chamado de louco por parte do estúdio. Felizmente, o executivo lutou e conseguiu o ator para o papel.

Leia mais:

Receios na escalação

  • Maisel queria Robert Downey Jr. no papel do Homem de Ferro, mas a Marvel tinha receios.
  • Isso porque o ator tinha fama de “bad boy”: ele tinha um histórico tumultuado em Hollywood, tendo sido preso em abril de 1996 por posse de heroína, cocaína e uma arma descarregada.
  • Alguns anos antes da escalação, Downey Jr. lutava contra o vício e já tinha passado por clínicas de reabilitação, o que deixava o estúdio aflito com uma possível recaída.
  • Além disso, o ator estava em uma fase ruim de sua carreira: os filmes protagonizados por ele não estavam fazendo sucesso e fracassavam em bilheteria.
Robert Downey Jr como o Homem de Ferro - Disney Marvel
Já pensou se o Homem de Ferro fosse outra pessoa? (Imagem: Disney/Reprodução)

Homem de Ferro como o conhecemos

Mesmo assim, David Maisel lutou pelo ator no papel e conseguiu, o tornando um dos primeiros super-heróis da Marvel nos cinemas (depois somente de Hulk).

O conselho da empresa achou que eu estava maluco em colocar o futuro da empresa nas mãos de um viciado. Eu os ajudei a entender o quão bom ele era para o papel. Todos tínhamos confiança de que ele estava sóbrio e continuaria assim.

David Maisel

No final das contas, Robert Downey Jr. fez a audição para o Homem de Ferro e a decisão final ficou entre ele e Timothy Olyphant (de Pânico e The Mandalorian). E já sabemos o que aconteceu depois.

publicidade
vingadores 5
Robert Downey Jr. e seu Homem de Ferro garantiram o futuro dos heróis da Marvel (Imagem: Marvel Studios/Divulgação)

Recepção do Homem de Ferro

  • O Homem de Ferro de 2008 foi um sucesso tanto de crítica quanto de bilheteria, e alavancou a vontade de Maisel de conectar as histórias da Marvel: surgia o Universo Cinematográfico Marvel.
  • Ou seja, apesar do risco, a Marvel só é como a conhecemos hoje por causa de David Maisel.
  • Além disso, posteriormente o executivo organizou a venda da Marvel para a Disney por US$ 4 bilhões.
  • Logo depois, ele renunciou ao cargo de presidente e foi sucedido foi Kevin Feige.
  • Maisel ainda tem os créditos como produtor executivo de O Incrível Hulk (2008), Homem de Ferro 2 (2011) e Capitão América: O Primeiro Vingador (2011).

Com informações de The New Yorker

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!