A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (7) que irá conceder aos usuários de seu serviço de computação em nuvem Azure Government, que inclui uma variedade de agências dos EUA, acesso aos modelos de inteligência artificial da OpenAI, especialmente o GPT-4 (versão mais atualizada do modelo de linguagem — LLM/Large Language Model). 

O que você precisa saber: 

  • Segundo a Bloomberg, os clientes do Azure Government poderão usar dois dos grandes modelos de linguagem da OpenAI: o modelo mais recente e poderoso da startup, GPT-4, e um anterior, GPT-3, por meio do serviço Azure OpenAI da Microsoft; 
  • A big tech não deve indicar as agências que irão se beneficiar das LLMs, mas o Departamento de Defesa, o Departamento de Energia e a NASA estão entre os clientes do governo federal do Azure Governamental; 
  • A empresa é a primeira a disponibilizar a tecnologia para o governo dos EUA. 

Leia mais! 

O serviço Azure OpenAI da Microsoft cresceu rapidamente nos últimos meses. O programa oferece acesso aos poderosos modelos de linguagem da OpenAI, incluindo as séries de modelos GPT-3, Codex e Embeddings. As novas séries de modelos GPT-4 e ChatGPT (gpt-35-turbo) também já estão disponíveis.

publicidade

Esses modelos podem ser facilmente adaptados à sua tarefa específica, incluindo, entre outros, geração de conteúdo, resumo, pesquisa semântica e tradução de linguagem natural para código. Os usuários podem acessar o serviço por meio de APIs REST, SDK do Python ou nossa interface baseada na Web no Estúdio do OpenAI do Azure. 

Microsoft sobre o Azure OpenAI. 

Em maio, a empresa tinha 4.500 clientes para o serviço, um salto em relação aos 2.500 do trimestre anterior. A iniciativa é o primeiro esforço conhecido de uma grande empresa para tornar a tecnologia chatbot amplamente disponível para o governo dos EUA. 

A Microsoft hospeda os modelos OpenAI em um espaço de computação em nuvem comercial, que é separado da nuvem usada pelos clientes do Azure Government — a nuvem governamental possui uma variedade de regras específicas de segurança e conformidade de dados, ela também não utiliza as informações dos clientes do governo para treinar os modelos de IA. 

Em suma, as agências governamentais federal, estadual e local poderão acessar os modelos GPT-4 e GPT-3 da OpenAI para tarefas como gerar respostas para perguntas de pesquisa, produzir código de computador e resumir relatórios de campo, disse Bill Chappell, da Microsoft, em comunicado oficial.  

Embora usem os modelos com uma interface semelhante a um bate-papo, os usuários do Azure Governamental não terão acesso ao ChatGPT especificamente. A ferramenta geralmente está disponível apenas por meio do serviço Azure OpenAI. 

Com informações da Bloomberg

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!