A Microsoft não está mais criando novos jogos próprios para seu console da geração anterior. A informação vem do chefe do Xbox Game Studios, Matt Booty em entrevista ao Axios.

  • Ainda que a Microsoft mantenha suporte para jogos online da geração anterior, como Halo Infinite, e atualizações de hardware do console, a empresa deixou de desenvolver jogos exclusivos para o Xbox One.
  • “Passamos para a geração 9”, disse o chefe do Xbox Games Studios se referindo a atual geração de consoles (Xbox Series S e X).
  • Ainda que a empresa não vá mais desenvolver jogos para o console, a Microsoft possibilitará que os usuários joguem os lançamentos via nuvem através do Xbox Cloud Gaming. “É assim que vamos manter o apoio”, disse Booty.

Leia mais:

Os anúncios feitos no último domingo (11) durante o Xbox Games Showcase confirmam as falas do executivo. No evento, a Microsoft não apresentou nenhum título que rodaria no Xbox One nativamente.

Jogos para Xbox Series S são mais trabalhosos

Matt Booty também admitiu que fazer os jogos rodarem bem no Xbox Series S requer “mais trabalho”, mas os estúdios da Microsoft estão conseguindo obter mais desempenho do console.

publicidade

A fala do executivo vem após alguns rumores de desenvolvedores que relataram problemas no desenvolvimento de jogos para o Series S.

O Xbox Series S (versão sem disco da atual geração da Microsoft) tem 10GB de RAM, enquanto o Series X (com disco) conta com 16 GB de RAM e tem mais poder de GPU.

Microsoft pagará milhões por uso indevido de dados de crianças

A Microsoft fechou um acordo de US$ 20 milhões com a Federal Trade Commission (FTC) por violação da lei de Proteção à Privacidade Online das crianças nos EUA (a COPPA, ou “Children’s Online Privacy Protection Act”).

  • Na semana passada, a FTC disse que até 2021 um jogador menor de 13 anos tinha que informar seus dados pessoais mesmo antes da autorização dos pais ao criar uma conta Microsoft;
  • Segundo as autoridades, a Microsoft reteve esses dados pessoais “por anos”, mesmo nos casos em que a inscrição não foi concluída, o que é proibido pelas normas da COPPA;
  • Além da multa, a Microsoft terá que adotar mudanças, como informar aos pais que uma conta infantil possui proteções adicionais de privacidade.

Com informações de The Verge e Axios.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!