Uma turbina eólica de 16 megawatts (MW) está sendo instalada na costa sudeste da China. O equipamento, o maior do mundo, faz parte de um projeto ambicioso do governo chinês: o parque eólico Zhangpu Liuao da China Three Gorges Corporation (CTG).

A previsão é que a instalação seja concluída em alguns dias. O custo total do projeto é de US$ 885 milhões (R$ 4,25 bilhões).

Leia mais

Maior do mundo

  • A turbina eólica tem 152 metros de altura, equivalente à altura de um prédio de 50 andares.
  • Equipada com pás de 123 metros de comprimento, ela pode varrer uma área de cerca de 50 mil metros quadrados, equivalente a sete campos de futebol.
  • Uma turbina de 16 megawatts (MW) é capaz de gerar 34,2 kilowatts-hora (kWh) de eletricidade por rotação, o que pode sustentar uma família de três pessoas por uma semana.
  • Após finalizada a instalação, ela poderá produzir mais de 66 gigawatts-hora (GWh) por ano, de acordo com a CTG, o suficiente para garantir energia para 36 mil residências durante um ano todo.
  • O parque eólico será capaz de produzir cerca de 1,6 terawatts-hora (TWh) de eletricidade anualmente, o que economizaria cerca de 500 mil toneladas de carvão e reduziria as emissões em cerca de 1,36 milhão de toneladas por ano.

Tecnologia avançada

  • O sistema de geração de energia eólica, responsável por converter a energia eólica capturada pelo rotor em eletricidade, é uma das partes mais críticas das turbinas eólicas offshore.
  • Centenas de sensores cobrem a turbina eólica, juntamente com um radar a laser que pode detectar temperatura, umidade e velocidade do vento para monitorar o status operacional. Com o auxílio de sistemas inteligentes, ela pode ajustar automaticamente o ângulo e regular a potência em condições climáticas.
  • A aplicação de sistemas digitais e inteligentes melhora a adaptabilidade ambiental da turbina eólica, tornando possível sua ampla aplicação na costa sudeste da China.
  • A plataforma utilizada para o trabalho de instalação é conhecida como Baihetan, a quarta geração de plataforma de instalação de energia eólica offshore da China, com capacidade de elevação de duas mil toneladas.
  • É uma das plataformas de instalação de energia eólica autopropulsadas e autolevantáveis mais avançadas do país, capaz de operar em profundidades de até 70 metros debaixo d’água.

Com informações da Electrek.

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!