Uma pesquisa realizada pela JATO do Brasil mostra que o programa de incentivo do governo para o mercado automotivo passou longe de bater as estimativas de 200 a 300 mil novos veículos vendidos.

Os dados coletados até esta segunda-feira, 26 de junho, revelam que somente 45 mil carros novos com desconto foram vendidos na reta final do estímulo fiscal (mais precisamente 45.298).

Leia mais sobre carro popular:

Qual é o modelo mais popular

Segundo o levantamento, o VW Polo lidera (5.222), seguido pela Fiat Strada (4.960). A dupla de carros novos mais baratos decepcionou. O Renault Kwid e Fiat Mobi, vendidos por menos de R$ 60 mil, tiveram 2.477 e 2.504 unidades emplacadas, respectivamente.

publicidade

A lista dos 20 mais vendidos ficou assim:

  1. Volkswagen Polo – 5.222
  2. Fiat Strada – 4.960
  3. Hyundai HB20 – 3.523
  4. Chevrolet Onix – 3.321
  5. Fiat Argo – 2.663
  6. Fiat Mobi – 2.504
  7. Renault Kwid – 2.477
  8. Chevrolet Onix Plus – 2.315
  9. Fiat Cronos – 1.929
  10. Peugeot 208 – 1.706
  11. Volkswagen Saveiro – 1.614
  12. Volkswagen Virtus – 1.610
  13. Fiat Pulse – 1.350
  14. Toyota Yaris hatch – 1.329
  15. Citroën C3 – 1.177
  16. Volkswagen T-Cross – 1.141
  17. Jeep Renegade – 922
  18. Toyota Yaris Sedan – 803
  19. Nissan Kicks – 739
  20. Hyundai HB20S – 709

Marca mais vendida

Com certa folga, a marca que mais vendeu carros com desconto foi a Fiat. Foram mais de 14 mil exemplares (14.061). De longe, veio a VW em segundo (9.655) e a Chevrolet em terceiro (6.490).

Confira abaixo o ranking de vendas por marca

  1. Fiat – 14.061
  2. Volkswagen – 9.655
  3. Chevrolet – 6.490
  4. Hyundai – 4.232
  5. Renault – 3.573
  6. Toyota – 2.132
  7. Peugeot – 1.836
  8. Citroën – 1.178
  9. Jeep – 922
  10. Nissan – 739
  11. Honda – 480

Verba solicitada por montadora

  • Fiat/Jeep – R$ 170 milhões
  • Volkswagen – R$ 60 milhões
  • Renault – R$ 50 milhões
  • Peugeot/Citroën – R$ 40 milhões
  • Hyundai – R$ 40 milhões
  • Chevrolet – R$ 20 milhões
  • Nissan – R$ 20 milhões
  • Honda – R$ 10 milhões
  • Toyota – R$ 10 milhões

Desde o dia 6 de junho, primeiro dia do programa, R$ 420 milhões em créditos já foram utilizados pelas fabricantes (são R$ 500 milhões destinados ao incentivo para automóveis). O número deve ser atualizado esta semana. Vale lembrar que a iniciativa deve acabar em breve, provavelmente na primeira semana de julho.

Com informações da JATO do Brasil e Autoesporte

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!