Conhecido como “Golpe da Shein”, a prática promete recompensas em dinheiro para usuários que avaliarem roupas e produtos da loja. Além de parcerias com influenciadores, os criminosos estão pagando por anúncios do Google para promover a fraude que lesa usuários em buscam renda extra online.

Leia mais:

Como funciona o golpe da Shein

Para promover o golpe os criminosos pagam por resultados patrocinados no Google sobre “Money Looks”, principal site/aplicativo usado nesse esquema. Outra estratégia já conhecida é pagar influenciadores para disseminar o aplicativo nas redes sociais.

Com os anúncios promovidos pelo Google, ou divulgados por influenciadores, os cibercriminosos visam dar mais credibilidade ao golpe.

publicidade
Golpe Shein
Anúncios do Money Looks no Google. (Imagem: Reprodução/ Kaspersky)
Golpe Shein
Influenciadoras divulgando plataformas usadas no golpe. (Imagem: Reprodução/ Instagram)

No site, os criminosos pedem que a vítima pague uma taxa para acessar o serviço de avaliação prometido. E quando o usuário já estiver trabalhando no sistema receberão recompensas por suas avaliações.

Golpe Shein
Descrição do Money Looks. (Imagem: Reprodução/ Kaspersky)

Além do ganho financeiro, a plataforma também se descreve como uma forma de conseguir roupas grátis na Shein.

Segundo relatos de vítimas do golpe, após o pagamento da taxa para trabalhar com as avaliações, não receberam nenhum link e não ganharam acesso à plataforma, comprovando a fraude.

Como se proteger

Fabio Assolini, diretor de Pesquisa e Análise para a América Latina da Kaspersky, diz que para se proteger desse golpe “é necessário apenas ter a informação”.

As pessoas precisam saber que o golpe é disseminado por muitas contas na internet, mas que os ganhos não existem. Se uma conta reporta ter ganhado algo, tenha em mente que são bots, contas invadidas ou pessoas patrocinadas que visam credibilizar o golpe.

Fabio Assolini, diretor da Equipe Global de Pesquisa e Análise para a América Latina da Kaspersky

Dicas para evitar golpes desse tipo

  • Preste atenção no site antes de colocar qualquer dado ou fazer algum pagamento: Veja a URL e como é a estrutura desse site. Ele possui erros ortográficos ou página única, sem outras seções? Então possui chances de ser um golpe.
  • Pesquise: Antes de fornecer alguma informação sua, busque pelo site no Google, no ReclameAqui ou, no caso de apps, na área de comentários antes de fazer o download. Se é um golpe, provavelmente terá reclamações de outras vítimas ali.

O que diz a Shein

Anteriormente a Shein já se posicionou sobre o esquema fradulento que usa o nome da empresa, esclarecendo que não tem relação com a plataforma “Money Looks” e outras que prometem recompensam em dinheiro.

A companhia adotou as medidas legais cabíveis relativas ao uso indevido de seu nome e imagem e vem promovendo medidas para inibir a propagação de informações que possam expor a empresa e seus consumidores.

A SHEIN recomenda ainda que nenhuma pessoa realize cadastros neste site/app, a fim de evitar o uso indevido de seus nomes, informações pessoais e dados bancários. Adicionalmente, a empresa ressalta que informações sobre os produtos, ações e campanhas da marca podem ser encontrados e são sempre divulgados nos seus canais oficiais, nas redes sociais e no site.

Shein em comunicado.

Nota do Google

O aplicativo mencionado foi avaliado e removido por violar as políticas de Google Play. Temos um conjunto robusto de políticas que visam manter os usuários seguros e que devem ser seguidas por todos os desenvolvedores. Não permitimos, por exemplo, apps que expõem usuários a produtos financeiros enganosos e prejudiciais. Qualquer pessoa que acredite ter encontrado um aplicativo que esteja em desacordo com as nossas regras pode denunciá-lo na Google Play — na página do app, basta tocar no botão de três pontos e, em seguida, ‘Sinalizar como impróprio’.

No caso de publicidade, temos políticas robustas que delimitam a forma como pessoas e empresas podem anunciar produtos por meio do Google Ads, incluindo a proibição de anúncios que tentem confundir usuários. Quando identificamos uma violação às nossas políticas, agimos imediatamente suspendendo o anúncio e, até mesmo, bloqueando a conta do anunciante. Se algum consumidor suspeitar ou for vítima de golpe, oferecemos uma ferramenta para denunciar violações de nossas políticas.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!