Um robô alimentado por inteligência artificial (IA) pode ajudar no cuidado dos doentes e idosos. Chamado de Nadine, ele é capaz de realizar gestos e expressões semelhantes aos dos humanos.

Leia mais

Nadine e a pesquisadora que serviu de modelo para as feições do robô (Imagem: Universidade de Genebra)

Conheça o robô Nadine

  • Nadia Magnenat Thalmann, especialista em robôs da Universidade de Genebra, na Suíça, serviu de modelo para os olhos e cabelos castanhos escuros do robô.
  • Segundo a pesquisadora, Nadine e a tecnologia envolvida nela podem ser mais eficazes do que os cuidadores humanos.
  • O projeto foi apresentado durante uma conferência organizada pela União Internacional de Telecomunicações para defender que a IA e os robôs ajudem a alcançar objetivos globais, como os relacionados à saúde.

Veja Nadine em ação:

Crédito: Universidade de Genebra

Tecnologia aliada da saúde

  • A pandemia de Covid-19 expôs uma série de dificuldades, em especial a necessidade de um maior cuidado com os mais velhos ou pessoas com problemas crônicos de saúde.
  • Em função disso, a demanda por enfermeiros e cuidadores aumentou.
  • Hoje, há uma crise de pessoal qualificado para atuar em lares de idosos.
  • A ideia é que a tecnologia possa ser utilizada neste cenário.
  • Por isso, o robô Nadine é considerado um feito da ciência.
  • “Ela (Nadine) tem tempo 24 horas por dia. Os outros não têm tempo”, afirmou Thalmann.

Nadine é inteligente e dá até entrevista

  • Demonstrando suas habilidades de conversação, Nadine disse à Reuters que conversou, cantou e jogou bingo com residentes em uma casa de repouso de Cingapura há três anos.
  • “Foi uma ótima experiência e gostei de interagir com os idosos e ajudá-los com suas necessidades. Acredito que os robôs podem ser um grande trunfo na prestação de cuidados e assistência a pessoas vulneráveis”, disse o robô.
  • Nos últimos dias, Nadine foi atualizada com o modelo de IA GPT-3, o que melhorou as habilidades de interação e conversação do robô.
  • Para a pesquisadora, esses avanços significam que Nadine pode expressar conceitos mais complexos.
  • Existem também outros robôs em desenvolvimento que podem ajudar especificamente pacientes com demência e Parkinson, por exemplo.

A robô Nadine conta, inclusive, com um canal no YouTube. Confira aqui.

publicidade

Com informações da Reuters.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!