A confirmação da chegada do Dolphin, o carro elétrico acessível da chinesa BYD, desencadeou uma corrida pelo melhor preço no mercado nacional. A Caoa Chery, por exemplo, já oferece desconto de até R$ 20 mil no iCar.

Qual é o carro elétrico mais barato do Brasil?

  • Até então, o posto de EV mais em conta era do Jac E-JS1 (R$ 145.900).
  • A fabricante também se mexeu e baixou o preço de partida do modelo para R$ 139.900, um abatimento de R$ 6.000.
JAC E-JS1 (Imagem: divulgação/Jac Motors)
JAC E-JS1 era o carro elétrico mais barato do Brasil. Imagem: Divulgação/Jac Motors
  • Nesta sexta-feira (7), foi a vez da Caoa Chery responder deixando o iCar no mesmo preço do rival: 139.990, uma queda de R$ 10.000 no preço oficial.
  • Algumas concessionárias foram além, vendendo o modelo por R$ 129.990 — preço mais baixo de um elétrico no mercado nacional.

Leia mais:

Vídeo relacionado

A Caoa Chery informou que oferece um bônus extra de R$ 10.000 que pode ser ofertado pelas revendedoras, permitindo levar o carro para casa pelo menor preço da categoria hoje. A informação foi apurada pelo site Use Elétrico.

Por enquanto, a única empresa que não alterou o preço do seu elétrico de entrada foi a Renault. O Kwid E-Tech segue com preço tabelado de R$ 149.990.

publicidade

Como é o BYD Dolphin

O hatch compacto desembarcou por aqui como o segundo carro elétrico mais barato do mercado, saindo por R$ 149.800 (R$ 190 a menos que o Renault Kwid E-Tech, um dos principais concorrentes por aqui).

O Dolphin é um hatch elétrico de entrada mais completo, com sensor de estacionamento e central multimídia giratória de 12,8 polegadas. Imagem: Divulgação/BYD
  • Apesar de compacto, o Dolphin tem o mesmo comprimento do VW Polo, 4,1 m.
  • O tamanho fica bem acima do Kwid e do E-JS1 (ambos com 3,6 m) e do iCar (3,2 m).
  • O modelo chega no Brasil na versão mais atualizada.
  • O hatch vem equipado com monitoramento de pressão dos pneus, aquecimento, ajuste elétrico dos bancos dianteiros, sensor de estacionamento frontal, retrovisores elétricos e mais.
  • Seu motor elétrico instalado na dianteira gera o equivalente a 95 cv.
  • Já a bateria de 44,9 kWh oferece uma autonomia estimada de 291 km.

Com informações da Quatro Rodas

publicidade

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!