O Volanti é um drone elétrico de alta precisão usado normalmente para vigilância aérea. Recentemente, o modelo de origem australiana começou a ser testado nos Estados Unidos em outro campo: a agricultura.

Um projeto desenvolvido pelo Departamento de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Michigan (MDARD) testará um conceito moderno que envolve combinar imagens de satélite com drones.

Leia mais:

O que você precisa saber:

publicidade
  • A promessa é que essa abordagem desempenhe um papel importante no rendimento e qualidade das safras nos próximos anos, apontam especialistas.
  • A ideia é melhorar o gerenciamento de água e nutrientes usando tecnologias inovadoras de sensoriamento remoto aéreo e drones como o Volanti.
  • Quem controlará os voos de teste será uma empresa norte-americana, a ArgenTech.

Como é o drone Volanti

O modelo chega com uma apresentação ambiciosa: se trata do veículo aéreo não tripulado “mais avançado do mundo”, afirma a fabricante Carbonix.

  • O drone mede 3,6 metros de envergadura e pode voar por até duas horas.
  • A autonomia permite cobrir até mil hectares de terreno.
  • O modelo é um VTOL, ou seja, decola e aterrissa na vertical. 
  • Em termos de sensores, estão inclusos itens como fotogrametria e imagem multiespectral (imagens de um mesmo objeto, tomadas com diferentes comprimentos de ondas eletromagnéticas).
  • Segundo a fabricante, o Volanti foi projetado para decolar rápido e funcionar mesmo em “condições desafiadoras”.
O veículo é controlado remotamente por joysticks. Imagem: Divulgação/Carbonix

A Carbonix também desenvolveu uma caixa de transporte especial para o Volanti reforçada com espuma. Dessa forma, o drone fica protegido contra possíveis danos durante o transporte ou armazenamento, aumentando a durabilidade. 

Quanto custa

O Volanti já está no mercado desde 2017. Seu preço estimado é de cerca de US$ 102 mil, ou R$ 490 mil na cotação atual sem impostos.

Quem é a Carbonix

A empresa fundada em 2012 é uma dos maiores especialistas em drones elétricos da Austrália. Foi uma das primeiras a focar em drones de longo alcance para vigilância aérea e captura de dados de alta precisão.

O principal parceiro de fabricação da Carbonix é a Quickstep, que produz componentes para o Volanti também na Austrália. 

Com informações do Autoevolution

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!