O Spotify anunciou nesta segunda-feira (24) reajustes nos planos em diversos países, incluindo mudanças para assinantes da modalidade Individual, Duo e Universitário, o mais barato oferecido pelo serviço. Confira abaixo como ficam os valores no Brasil.

Novos preços do Spotify no Brasil

  • O plano Individual sobe de R$ 19,90 para R$ 21,90 ao mês;
  • O Duo (para dois usuários) passa de R$ 24,90 para R$ 27,90 ao mês;
  • Já o plano Universitário passa de R$ 9,90 para R$ 11,90 ao mês.
  • Os assinantes terão um mês até que os preços entrem em vigor.

A boa notícia é que o plano Família, para até 6 usuários do mesmo endereço, segue sem mudança, ou seja, continua custando R$ 34,90 mensais.

Este também foi o primeiro reajuste do plano Premium nos EUA em doze anos. Por lá, a mensalidade subirá de US$ 9,99 para US$ 10,99; o Duo aumentará de US$ 12,99 para US$ 14,99; o Família subiu de US$ 15,99 para US$ 16,99 e o Universitário passou de US$ 4,99 para US$ 5,99.

Em comunicado, o serviço informa que adotou a medida para “continuar inovando”. O preço também irá mudar em “vários mercados”: “Essas atualizações nos ajudarão a continuar agregando valor aos fãs e artistas em nossa plataforma”, acrescenta a postagem.

publicidade

Leia mais:

A lista de países com aumento de preços incluin ainda: Andorra, Albânia, Argentina, Áustria, Austrália, Bósnia e Herzegovina, Bélgica, Bulgária, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Chipre, Dinamarca, Equador, Estônia, Espanha, Finlândia, França, Reino Unido, Grécia, Guatemala, Hong Kong, Croácia, Indonésia, Irlanda, Israel, Islândia, Itália, Lituânia, Luxemburgo, Letônia, Mônaco, Montenegro, Macedônia do Norte, Malta, México, Holanda, Noruega, Nova Zelândia, Peru, Portugal, Sérvia, Suécia, Cingapura, Eslováquia nia, Eslováquia, San Marino, Tailândia, Türkiye, Estados Unidos, Kosovo.

O Olhar Digital entrou em contato com a Spotify para saber mais informações sobre o reajuste.

Aumento já era esperado

  • Vale destacar que outros grandes serviços de streaming de áudio também aumentaram as assinaturas nos últimos meses.
  • A Apple foi a primeira em outubro passado, seguida pela Amazon em janeiro deste ano. Tidal e YouTube Music Premium também anunciaram aumentos este mês. 
  • Em todos os casos, a mudança de preço principal foi a mesma: US$ 1 a mais no custo de uma assinatura mensal individual de US$ 9,99 para US$ 10,99.

O CEO do Spotify, Daniel Ek, sugeriu o aumento durante uma teleconferência de resultados em abril, quando disse que a empresa estava “pronta para aumentar os preços”. O The Wall Street Journal também antecipou o reajuste nos preços esta semana.

Com informações do Spotify e The Verge

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!