Com o mercado dos CDs muito limitado e a grande popularização das plataformas de streaming, o Spotify se tornou uma das fontes de renda para artistas e bandas no geral. Uma das perguntas que muitos usuários da plataforma fazem em fóruns e mídias sociais é quanto um artista ganha por ter uma música no Spotify.

Por isso, o Olhar Digital te explica neste post como funciona a remuneração e quanto ganha um artista com músicas no Spotify.

publicidade

Como funciona a remuneração do Spotify?

Quando um artista coloca suas músicas no Spotify, ele é pago por cada reprodução de sua obra com base em royalties. O valor do royalty é determinado por uma série de fatores, incluindo o número de reproduções, o tipo de assinatura do usuário e a localização do usuário.

O Spotify não divulga publicamente o valor exato do royalty, mas estima-se que seja cerca de US$ 0,00397 por reprodução.

Observações sobre a remuneração do Spotify

O Spotify é a plataforma de streaming de música que tem mais reproduções no mundo, com cerca de 48% do total de plays em todos os serviços de streaming de música. Isso significa que os artistas que estão no Spotify têm mais chances de ganhar dinheiro com suas músicas.

Segundo o relatório Loud & Clear, da própria empresa, o streaming gerou mais de 20% de toda receita advinda de gravações de músicas no mundo todo.

Ainda no mesmo documento, a empresa divulgou ter pago US$ 40 bilhões para os donos de direitos autorais até 2022. Especificamente nos últimos dois anos, foram mais de US$ 3 bilhões distribuídos entre os músicos.

Embora o relatório não mostre todos os números da empresa, ele destaca o desempenho nos anos de 2017 e 2022:

20172022
Artistas que fizeram mais de US$ 10 mil23.40057.000
Artistas que fizeram mais de US$ 100 mil4.30010.100
Artistas que fizeram mais de US$ 1 milhão4601.060

Para complementar, o documento afirma que existem cerca de 200 mil artistas profissionais ou aspirantes a nível global no streaming. Ou seja, ao considerar esses números, apenas 5,58% dos músicos recebem US$ 100 mil ou mais.

À primeira vista, pode parecer muito dinheiro, mas vale lembrar que as bandas têm mais de um integrante. Além disso, apenas pelos dados informados, não é possível saber a distribuição dos artistas pelos intervalos – isto é, os 10.100 artistas que ganham mais de US$ 100 mil estão mais perto desse valor ou de US$ 900 mil.

Em resumo, apesar da relevância da plataforma, é importante notar que o valor dos royalties é relativamente baixo, e os artistas precisam ter um número significativo de reproduções para ganhar um bom dinheiro.

O que é o Royalty?

Royalty na música é o valor pago aos compositores, intérpretes e editores de música por cada reprodução ou execução de suas obras. Os royalties são uma forma de compensação pelos direitos autorais de propriedade de seus criadores.

Os royalties são pagos por uma variedade de fontes, incluindo:

  • Serviços de streaming de música, como Spotify, Apple Music e YouTube Music;
  • Emissoras de rádio e televisão;
  • Lojas de música, como iTunes e Amazon;
  • Filmes, programas de televisão e outros meios visuais;
  • Propagandas e outros usos comerciais.

O valor dos royalties é determinado por uma série de fatores, incluindo:

  • O tipo de uso da música;
  • O país onde a música é usada;
  • A duração da música;
  • A quantidade de vezes que a música é usada.

Em resumo, o Royalties são o valor pago pelos direitos de uso, exploração, distribuição ou comercialização por terceiros, ao detentor dos direitos de uma obra, marca ou produto.

Sendo assim, para o Spotify reproduzir as músicas de um artista ou podcast, a plataforma tem que pagar de forma obrigatória pelos royalties para que o artista ou podcaster receba uma porcentagem dos lucros obtidos.

Valores no Spotify

Como citado anteriormente, o valor fixo pago a cada reprodução é de US$ 0,00397. Por isso, a cada vez que um artista alcança 1.000 players, a gravadora ou o artista independente recebe a quantia de US$ 3,97 aproximadamente.

Vale lembrar também que é preciso ficar atento com a forma pela qual a música foi publicada no caso do artista que optou por publicar com um selo ou gravadora. Desse valor bruto, geralmente é retirado uma porcentagem para o selo ou gravadora, a não ser que a forma de publicação tenha os direitos direcionados cem por cento para o artista.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!