Os médicos recomendam que adultos durmam cerca de 8 horas por dia, no entanto, essa tarefa pode parecer desafiadora, mesmo quando estamos cansados e com os “olhos pregando”. Um truque relativamente simples pode ajudar com a qualidade do sono: estabelecer uma rotina consistente é a chave para não ficarmos exaustos.

De acordo com as autoridades em saúde do Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue (NHLBI) dos Estados Unidos e do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, a primeira coisa a se fazer para melhorar o sono é ir para cama no mesmo horário todos os dias, mesmo em finais de semana e feriados.

Leia mais:

Ritmo circadiano

A importância de estabelecer essa rotina está relacionada ao ritmo circadiano, também chamado de relógio biológico. Em nosso corpo existem vários “relógios” associados à saúde humana sendo controlados pelo núcleo supraquiasmático, uma parte do cérebro dentro do hipotálamo. O que está associado ao sono é o ciclo sono-vigília.

publicidade

De acordo com a Sleep Foundation, o núcleo supraquiasmático é o responsável por emitir o alerta para o nosso corpo de que devemos estar acordados. Ele funciona em resposta à quantidade de luz que atinge a retina e corta o fornecimento de melatonina, hormônio que regula o sono, para liberá-lo de novo somente à noite, quando a incidência de luz é menor.

Assim, tentar estabelecer um horário fixo para dormir e acordar é estar a favor desse ciclo natural e não lutar contra ele. Para que uma melhoria do sono também seja alcançada é necessário ficar longe das telas próximo ao horário de dormir, reduzindo a entrada de luz na retina. Procurar por atividades relaxantes, como ler um livro, ouvir uma música ou realizar uma meditação são as práticas ideias.

Estabelecer uma rotina é importante para a saúde do sono, no entanto, se você está tendo problemas para dormir é importante que você procure recomendações médicas profissionais.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!