Os celulares dobráveis da Samsung – Galaxy Z Fold e Galaxy Z Flip – “pegaram” entre o público. Agora, a gigante sul-coreana considera expandir seu portfólio de aparelhos que dobram, começando por tablets.

Para quem tem pressa:

  • A Samsung considera expandir seu portfólio de aparelhos que dobram, começando por tablets;
  • Para T.M Roh, presidente global e líder de Negócios de Experiência Móvel da empresa, o tablet é uma categoria de produto muito boa para se aplicar o formato dobrável;
  • O executivo também disse que a Samsung vai usar o know-how aplicado nas cinco gerações de celulares dobráveis nesta empreitada;
  • No entanto, Roh não arriscou dar algum tipo de previsão de quando essas ideias vão sair do papel e chegar ao mercado.

É o que contou T.M Roh, presidente global e líder de Negócios de Experiência Móvel da Samsung, em entrevista ao The Independent logo após o Samsung Unpacked – evento no qual a empresa lançou sete aparelhos (dois celulares dobráveis, dois smartwatches e três tablets).

Leia mais:

Tablets e notebooks dobráveis da Samsung

Galaxy Z Flip 5 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)
Galaxy Z Flip 5 (Imagem: André Fogaça/Olhar Digital)

Para começar, é importante saber que celulares dobráveis ​​são importantíssimos para a Samsung.

publicidade

Roh, que é o principal executivo global da área de dispositivos móveis da Samsung, diz que em 2023 a empresa tem como meta 1,8 milhão de vendas de dispositivos dobráveis ​​na Europa, enquanto as vendas cumulativas globais podem chegar a 30 milhões.

Isso mostra que, embora os dobráveis ​​ainda possam ser um nicho, ele está crescendo.

Os dobráveis ​​se expandirão para outras categorias, como tablet e PC, e continuarão a se desenvolver depois.

T.M Roh, presidente global e líder de Negócios de Experiência Móvel da Samsung

Para Roh, o tablet é uma categoria de produto muito boa para se aplicar o formato dobrável. E, até o momento, um tablet dobrável Android é algo que nunca tinha sido mencionado pela Samsung.

Por que a Samsung Mobile e eu estamos tão convencidos sobre o dobrável? O motivo é muito simples. Porque faz parte da história e da natureza humana há muito tempo ler livros e usar cadernos.

T.M Roh, presidente global e líder de Negócios de Experiência Móvel da Samsung

Para o executivo, o ato de abrir e fechar para usar um item – no caso, livros e cadernos – é “uma parte natural do comportamento humano”. Daí o potencial de um tablet dobrável, na visão de Roh.

Ele também disse que a Samsung vai usar o know-how aplicado nas cinco gerações de celulares dobráveis nesta empreitada, que também vai se estender a notebooks.

Para isso, nós da Samsung estamos investindo muitos recursos. E uma vez que essa tecnologia fundamental é desenvolvida e acreditamos que o produto está pronto para fornecer inovação significativa aos consumidores, é claro que queremos apresentá-los.

T.M Roh, presidente global e líder de Negócios de Experiência Móvel da Samsung

No entanto, Roh não arriscou dar algum tipo de previsão de quando essas ideias vão sair do papel e chegar ao mercado. Aguardemos, então.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!